Thomas Rongen

Thomas Rongen (Amsterdam, 31 de outubro de 1956) é um ex-futebolista e treinador de futebol neerlando-americano que atuava como meia-atacante.[1]

Thomas Rongen
Thomas Rongen
Informações pessoais
Nome completo Thomas Rongen
Data de nasc. 31 de outubro de 1956 (64 anos)
Local de nasc. Amsterdam,  Países Baixos
Nacionalidade neerlandês / norte-americano
Altura 1,83 m
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Treinador (Ex-meia-atacante)
Clubes de juventude
1971–1975 Países Baixos AFC
Clubes profissionais
Anos Clubes
1973–1979
1979–1980
1979–1980
1980
1981–1983
1984
1984–1985
1985
1985–1986
1987
1988–1993
Países Baixos AFC
Estados Unidos Los Angeles Aztecs
Estados Unidos Los Angeles Aztecs (indoor)
Estados Unidos Washington Diplomats
Estados Unidos FL Strikers (1977–83)
Estados Unidos Minnesota Strikers
Estados Unidos Minnesota Strikers (indoor)
Estados Unidos South Florida Sun
Estados Unidos Chicago Sting (indoor)
Estados Unidos Houston Dynamos
Estados Unidos FL Strikers (1988–94)
Times/Equipas que treinou
1984–1988
1987–1990
1988
1988
1989–1994
1991–1995
1996
1997–1998
1999–2001
2001–2005
2005
2006–2011
2011–2014
2012–2014
2014–2015
Estados Unidos Pope John Paul II High School
Estados Unidos Nova Southeastern Univ. (aux. técnico)
Estados Unidos FL Strikers (aux. técnico)
Estados Unidos South Plantation High School
Estados Unidos FL Strikers
Estados Unidos Nova Southeastern Univ.
Estados Unidos Tampa Bay Mutiny
Estados Unidos New England Revolution
Estados Unidos D.C. United
Estados Unidos Estados Unidos Sub-20
Estados Unidos Chivas USA
Estados UnidosEstados Unidos Sub-20
Samoa Americana Samoa Americana
Canadá Toronto FC (diretor da base)
Estados Unidos Tampa Bay Rowdies

Carreira em clubesEditar

Em seu país natal, Rongen defendeu apenas o AFC, onde iniciou a carreira em 1973. Na época, jogava como volante.[2][3]

Mudou-se para os Estados Unidos em 1979, para jogar no Los Angeles Aztecs,[4] tendo como um de seus companheiros de time o lendário Johan Cruijff, já em final de carreira. Foram 40 partidas e 6 gols no time de futebol, além de 12 jogos e 3 gols no futebol indoor em 2 temporadas. Em 1980 foi para o Washington Diplomats, juntamente com Cruijff. Rongen disputou apenas 10 partidas pelos Dips, que encerrariam as atividades no mesmo ano. Seu melhor momento na carreira foi no Fort Lauderdale Strikers, onde participou de 83 jogos e fez 4 gols nas 3 temporadas em que defendeu o time - Teófilo Cubillas, Gerd Müller e Elías Figueroa foram companheiros de equipe do holandês nos Strikers.

Passou ainda por Minnesota Strikers, South Florida Sun (onde jogaria novamente juntamente com Cubillas), Chicago Sting e Houston Dynamos, se aposentando em 1993, novamente pelo FL Strikers (o clube homônimo que durou entre 1988 e 1994), onde já exercia a função de técnico e jogador ao mesmo tempo.

Carreira de treinadorEditar

Já na parte final de sua carreira como jogador, Rongen já exercia o cargo de treinador em times de universidades, além de ter sido auxiliar no FL Strikers em 1988.

Em 1996, teve sua primeira experiência como treinador profissional na recém-fundada Major League Soccer, comandando o Tampa Bay Mutiny. Ele também exerceria a função no New England Revolution, D.C. United e Tampa Bay Rowdies, além de ter sido diretor das categorias de base do Toronto FC e técnico da Seleção Sub-20 dos EUA.

Porém, foi em 2011 que Rongen ganhou destaque ao treinar a seleção da Samoa Americana, considerada uma das piores do futebol mundial. Paralelamente ao cargo de diretor da base no Toronto FC, substituiu Iofi Lalogafuafua e comandou os Garotos do Território à sua primeira vitória em jogos oficiais (2 a 1 sobre Tonga) - anteriormente, os samoanos tinham vencido apenas um jogo, contra Wallis e Futuna (o território francês não é filiado à FIFA), em 1983.

A campanha de Samoa Americana virou documentário, intitulado "O Próximo Gol Leva",[5][6] dirigido por Mike Brett e Steve Jamison.

LinksEditar

Referências

  1. Vujcic, Djuradj (30 de maio de 2012). «Inside the MLS: Thomas Rongen». Consultado em 31 de maio de 2012 
  2. «Ledenlist.». afc.nl. Consultado em 20 de dezembro de 2015 
  3. «AFC'er Thomas Rongen naar Amerikaans-Samoa.». afc.nl. Consultado em 20 de dezembro de 2015 
  4. «Rongen naar Aztecs». De Telegraaf. Consultado em 20 de dezembro de 2015 
  5. Kev Geoghegan (6 de maio de 2014). «Next Goal Wins for 'world's worst football team'». BBC News. Consultado em 6 de maio de 2014 
  6. Ramon Vitral (29 de junho de 2014). «Filme mostra o caminho do time da Samoa Americana em busca de vaga na Copa». O Globo. Consultado em 29 de junho de 2014 
   Este artigo sobre futebolistas neerlandeses é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.