Abrir menu principal

Uso da madeiraEditar

Pela sua leveza e outras características, a madeira de tília (em inglês: basswood) é utilizada na construção de corpos de guitarras maciças, como alguns modelos da Fender fabricados no Japão, e na construção de baterias.

A maior tília existente em Portugal (em Paredes) tem 22 metros de altura e 24 metros de diâmetro de copa e, segundo o seu proprietário a colheita da sua flor ocupa 20 homens durante 3 dias.[2]

Espécies Híbridos e cultivaresEditar

  • Tilia × euchlora (T. dasystyla × T. platyphyllos)
  • Tilia × europaea (T. cordata × T. platyphyllos)
  • Tilia × petiolaris (T. tomentosa × T. ?)
  • Tilia 'Flavescens' (T. americana × T. cordata)
  • Tilia 'Moltkei' (híbrido, origem desconhecida)
  • Tilia 'Orbicularis' (híbrido, origem desconhecida)
  • Tilia 'Spectabilis' (híbrido, origem desconhecida)
  • Lista completa

Classificação do gêneroEditar

Sistema Classificação Referência
Linné Classe Polyandria, ordem Monogynia Species plantarum (1753)

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Malvales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Câmara Municipal de Lisboa (2005). Guia ilustrado de Vinte e Cinco Árvores de Lisboa. [S.l.: s.n.] 
  2. Guia ilustrado de Vinte e Cinco Árvores de Lisboa. [S.l.: s.n.] 2005  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)