Tiroteio em Monterey Park em 2023

tiroteio em massa ocorrido em 21 de janeiro de 2023 perto de Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos

O tiroteio em Monterey Park em 2023 ocorreu em 21 de janeiro de 2023, quando houve um tiroteio em massa em Monterey Park, Califórnia, Estados Unidos. Onze pessoas foram mortas e outras nove ficaram feridas.[4] O tiroteio aconteceu após uma celebração do Ano-Novo Lunar no estúdio e salão de dança Star, perto do bloco 100 da Avenida West Garvey e do cruzamento da Avenida Garfield, por volta das 22h22, horário local (UTC−8).[1][5] O atirador, que morreu com um tiro autoinfligido durante um confronto com a polícia de Torrance no dia seguinte, foi identificado como Huu Can Tran, de 72 anos,[6][7] que era um imigrante chinês.[8]

Tiroteio em Monterey Park em 2023
Polícia no local do tiroteio no estúdio e salão de dança Star
Local Monterey Park, Califórnia, Estados Unidos
Coordenadas 34° 03′ 42″ N, 118° 07′ 23″ O
Data 21 de janeiro de 2023
c. 22h22[1] (UTC−8)
Tipo de ataque Tiroteio em massa, assassínio em massa, assassinato-suicídio[2]
Arma(s) Pistola com revista estendida
Mortes 12 (incluindo o perpetrador)[3]
Feridos 9
Responsável(is) Huu Can Tran
Motivo Desconhecido

AntecedentesEditar

Monterey Park, no Vale de San Gabriel, no condado de Los Angeles, fica a cerca de 11 km a leste do centro de Los Angeles. Devido a um enclave chinês, tornou-se a primeira cidade no continente dos Estados Unidos com uma maioria de residentes de ascendência asiática (atualmente em 65%).[4][9] Dezenas de milhares de pessoas se reuniram em 21 de janeiro de 2023, véspera do Ano-Novo Lunar, para o início do festival de dois dias,[4][10] uma das maiores celebrações do Sul da Califórnia.[6] O festival estava programado para terminar às 21h, horário local, daquele dia e continuar no dia seguinte. O estúdio de dança, que realizou sua própria celebração do Ano-Novo Lunar, não fazia parte do festival.[11][12]

AcontecimentosEditar

Tiroteio em Monterey ParkEditar

O tiroteio foi relatado no estúdio e salão de dança Star, um estúdio de propriedade chinesa perto do quarteirão 100 da Avenida West Garvey e do cruzamento da Avenida Garfield às 22h22, horário local, de 21 de janeiro de 2023.[1][6][13] O atirador fugiu do local. Os policiais que responderam encontraram "indivíduos saindo do local" quando chegaram. Dez pessoas foram levadas para hospitais locais.[13][14] A polícia não especificou que tipo de arma foi usada, mas de acordo com um repórter, o atirador usou uma "pistola semiautomática".[14] O xerife Robert Luna descreveu o atirador como um homem asiático vestindo uma jaqueta de couro preta, um gorro preto e branco e óculos.[15]

Uma testemunha não identificada do tiroteio disse à mídia que o atirador "encontrou sua esposa lá" no estúdio de dança e então começou a "atirar em todos" no salão de dança, atirando em algumas vítimas novamente enquanto caminhava.[16]

Incidente em AlhambraEditar

Após o tiroteio, um incidente ocorreu aproximadamente 18 minutos após o tiroteio em Monterey Park, a 4,8 km de distância, em Alhambra. Um atirador entrou no estúdio e salão de dança Lai Lai na Avenida South Garfield. De acordo com o xerife Robert Luna, do condado de Los Angeles,[17] "dois membros da comunidade" no salão de dança lutaram com a arma de fogo, que foi posteriormente descrita como uma pistola de assalto semiautomática Cobray M11 9mm com um carregador de alta capacidade anexado a ela,[18] sendo que não houve nenhuma vítima. De acordo com relatórios posteriores, Brandon Tsay, um programador de computador de 26 anos e funcionário do salão de dança, afastou o atirador sozinho.[17][19]

Depois disso, ele fugiu em uma van de carga Chevrolet Express branca.[20][21][22][23] O atirador naquele incidente foi posteriormente identificado como o mesmo responsável pelo tiroteio em Monterey Park.[23] O suspeito foi identificado pela arma na cena da tentativa de tiroteio em Alhambra, que forneceu às autoridades seu nome e descrição.[24]

Suicídio do atiradorEditar

Em 22 de janeiro, quase 35 km de distância do local da segunda tentativa de tiroteio em Alhambra,[6] a polícia cercou uma van com a descrição da dor atirador em um estacionamento em Torrance, perto dos cruzamentos dos bulevares Sepulveda e Hawthorne.[4] As placas da van pareciam ter sido roubadas. Quando os policiais se aproximaram da van, eles ouviram um único tiro vindo de dentro, fazendo com que as unidades táticas respondessem.[24][25] Durante o impasse, oficiais da SWAT, tanto visualmente de seus veículos blindados quanto por meio de uma câmera montada em um drone, observaram o motorista caído sobre o volante da van, tendo morrido com um tiro autoinfligido na cabeça.[2] Ao se aproximarem da van, os policiais confirmaram que o indivíduo que estava dentro havia falecido.[26] Ele foi identificado como o atirador responsável pelo tiroteio em Monterey Park e pelo incidente em Alhambra.[4][27]

VítimasEditar

Até 22 de janeiro, dez pessoas, cinco homens e cinco mulheres, tinham sido confirmadas como mortas no tiroteio, e outras dez pessoas ficaram feridas, com sete delas permaneceram hospitalizadas, sendo que algumas estavam em estado crítico.[25] No dia seguinte, o número de mortos subiu para 11, depois que uma pessoa ferida no tiroteio morreu no hospital.[28]

PerpetradorEditar

O atirador foi identificado como Huu Can Tran (1950 – 22 de janeiro de 2023), de 72 anos, que era um imigrante da China.[29][30][31] Tran era originalmente residente de Fremont, que mais tarde morou em outras partes do condado de Los Angeles. Em 2002, Tran havia registrado uma empresa de caminhões de curta distância chamada Tran's Trucking Incorporated, mas que havia sido dissolvida dois anos depois, em 2004, depois de escrever em um documento corporativo dizendo que nunca adquiriu a empresa ou conhecia quaisquer ativos conhecidos ou passivos de dívida. Há cerca de duas décadas, Tran conheceu sua ex-esposa no estúdio e salão de dança Star, onde dava aulas informais e era um patrono regular. Ele pediu o divórcio da sua esposa em 2005, que foi aprovado no ano seguinte em 2006.[29] Sua ex-esposa afirmou que ele nunca foi violento com ela, mas que ele era "rápido em ficar com raiva".[32] Em 2013, Tran vendeu sua casa em San Garbiel, que ficava a cinco minutos de carro do salão de dança.[29] No momento do tiroteio, ele era residente de uma comunidade de idosos em um parque de trailers em Hemet,[4][33] um subúrbio a cerca de 137 km a leste de Los Angeles. Ele havia comprado a casa em 2020.[29]

ReaçõesEditar

Durante a caçada ao atirador, o presidente Joe Biden instruiu o Federal Bureau of Investigation a fornecer total apoio às autoridades locais.[4] Mais tarde, ele ofereceu suas condolências e ordenou que as bandeiras na Casa Branca fossem hasteadas a meia-haste.[34] A prefeita de Los Angeles, Karen Bass, chamou o tiroteio de "absolutamente devastador", e o governador Gavin Newsom disse que estava "monitorando a situação de perto".[35]

O segundo dia do festival do Ano-Novo Lunar de Monterey Park foi cancelado "por muita cautela e reverência pelas vítimas", de acordo com as autoridades.[5] Em outras grandes cidades, como Nova Iorque, Miami e Los Angeles, os preparativos de segurança foram intensificados antes de suas próprias celebrações do Ano-Novo Lunar.[36]

Referências

  1. a b c Gonzales, Ruby; Holshouser, Emily (22 de janeiro de 2023). «10 killed in Monterey Park shooting as Lunar New Year is celebrated» (em inglês). Pasadena Star-News. Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  2. a b «Live updates: Suspect in shooting at dance hall near Los Angeles is dead, sheriff says». NBC News (em inglês). 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  3. «An 11th person has died in the Monterey Park shooting». NPR.org. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  4. a b c d e f g Winton, Richard; Park, Jeong; Jany, Libor; Lin, Summer; Ellis, Summer (22 de janeiro de 2023). «10 people killed, 10 injured in mass shooting at Monterey Park dance studio». The Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  5. a b Allen, Keith; Burnside, Tina; Yan, Holly (22 de janeiro de 2023). «10 people were killed and 10 more are hospitalized in mass shooting in Monterey Park, California». CNN (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  6. a b c d Dalton, Andrew (22 de janeiro de 2023). «Police: Gunman on the loose after killing 10 near LA» (em inglês). Associated Press. Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  7. «Gunman kills 10, wounds 10 after Lunar New Year celebration in Monterey Park». KTLA (em inglês). 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  8. Winter, Jeff; Tolan, Casey; Glover, Scott (22 de janeiro de 2023). «Gunman had been a regular patron at dance hall he attacked, according to people who knew him». CNN (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  9. Lakhani, Nina (22 de janeiro de 2023). «Ten dead in shooting after lunar new year festival near Los Angeles». The Guardian (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  10. Moloney, Marita (22 de janeiro de 2023). «Monterey Park shooting: 10 dead in incident after Lunar New Year festival» (em inglês). BBC News. Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  11. «A celebration turned into a nightmare for one couple on the dance floor.» (em inglês). The New York Times. 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  12. Horti, Samuel (22 de janeiro de 2023). «Festival distances itself from shooting». BBC (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  13. a b Kim, Juliana (22 de janeiro de 2023). «10 people have been killed in a shooting near LA after a Lunar New Year festival». NPR (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  14. a b Kiszla, Cameron (22 de janeiro de 2023). «Gunman kills 10, wounds 10 more near Lunar New Year fest in Monterey Park, California» (em inglês). Ktla.com. Associated Press. Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  15. «10 killed in Monterey Park mass shooting, standoff underway with the gunman in Torrance, police say». KABC-TV (em inglês). 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 23 de janeiro de 2023 
  16. Palombo, Ross (22 de janeiro de 2023). «Monterey Park mass shooting: Witness describes the chaotic scene inside Star Ballroom Dance Studio». KCAL-TV (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  17. a b «Live Updates: Investigators Seek Motive in Deadly California Shooting». The New York Times (em inglês). 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  18. «What we know about the suspect in the Monterey Park massacre» (em inglês). CNN. 23 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  19. «Monterey Park shooting: Hero who disarmed gunman had never seen a real gun». BBC News (em inglês). 23 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  20. «Monterey Park mass shooting: 2nd possible scene in Alhambra cleared after authorities investigate possible connection». CBS News (em inglês). 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  21. «2nd scene in Alhambra cleared after police investigate possible connection to Monterey Park mass shooting». Yahoo! News (em inglês). 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  22. «Sheriff says authorities investigating second incident that may be linked to Monterey Park shooting». CNN (em inglês). 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  23. a b «'They saved lives': Police chief praises heroes who disarmed suspect at a second location» (em inglês). CNN. 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  24. a b Nouran Salahieh, Jeffrey Winter, Casey Tolan e Scott Glover (23 de janeiro de 2023). «What we know about the suspect in the Monterey Park massacre» (em inglês). CNN. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  25. a b Honderich, Holly; Peter, Laurence (22 de janeiro de 2023). «Monterey Park shooting: Suspect found dead after dance studio attack» (em inglês). BBC News. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  26. Santos, Emily (23 de janeiro de 2023). «Tiroteio na Califórnia: suspeito de matar 10 pessoas em celebração do Ano Novo Lunar é encontrado morto». G1. Consultado em 24 de janeiro de 2023 
  27. «Motive remains a mystery after a suspected gunman in Lunar New Year mass shooting found dead». The Los Angeles Times (em inglês). 22 de janeiro de 2023. Consultado em 23 de janeiro de 2023. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2023 
  28. Mejia, Brittny (23 de janeiro de 2023). «Death toll rises to 11 in Monterey» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  29. a b c d Winter, Jeff; Tolan, Casey; Glover, Scott (22 de janeiro de 2023). «Gunman had been a regular patron at dance hall he attacked, according to people who knew him». CNN (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  30. Levenson, Eric; Yan, Holly; Chan, Stella (23 de janeiro de 2023). «Death toll in Monterey Park mass shooting rises to 11 as investigators search for gunman's motive». CNN (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  31. Min, Shao (23 de janeiro de 2023). «南加蒙市枪案/10死10伤大屠杀 72岁华人凶嫌疑感情纠纷滥射». World Journal (em chinês). Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  32. Samson, Carl (23 de janeiro de 2023). «Ex-wife of Monterey Park mass shooting suspect speaks out, says he was 'quick to anger'». www.yahoo.com (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  33. Cain, Josh; Lykke, Hanna (22 de janeiro de 2023). «72-year-old ID'd in Monterey Park mass shooting, and killed himself in Torrance, authorities say» (em inglês). The Orange County Register. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  34. Forrest, Jack; Pellish, Aaron (22 de janeiro de 2023). «Biden offers condolences to victims of California mass shooting, acknowledges impact on AAPI community» (em inglês). CNN. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  35. Alonso, Melissa (22 de janeiro de 2023). «California Gov. Newsom says he's monitoring the Monterey Park shooting» (em inglês). CNN. Consultado em 23 de janeiro de 2023 
  36. Elassar, Alaa (22 de janeiro de 2023). «Cities strengthen security ahead of Lunar New Year celebrations after Monterey Park massacre leaves Asian American community on edge» (em inglês). CNN. Consultado em 23 de janeiro de 2023