Abrir menu principal

Tongóbriga

cidade em Marco de Canaveses, Portugal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde maio de 2019). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.

Tongóbriga (em latim: Tongobriga) é uma cidade romanizada situada na freguesia portuguesa do Freixo, concelho de Marco de Canaveses. Está classificada como Monumento Nacional. A sua promoção e divulgação é levada a cabo pela Associação de Amigos de Tongóbriga, que tem o desígnio de construir um espaço cultural vivo na região.

HistóriaEditar

Situada no limite do território dos galaicos brácaros, a cidade galaico-romana de Tongóbriga revela uma etimologia céltica composta pelos elementos tong- (jurar) e -briga (povoado fortificado). As referências mais antigas a esta cidade remontam ao século II, pelo geógrafo Ptolomeu. A passagem de vias romanas nas imediações, que estabeleciam a ligação com os principais centros populacionais da então Lusitânia, aponta no mesmo sentido do peso regional de Tongóbriga.

As escavações da urbe iniciaram-se em Agosto de 1980, num sítio conhecido localmente por Capela dos Mouros, e estenderam-se a uma área superior a trinta hectares. Sob a direcção de Lino Tavares Dias, constatou-se a importância desta cidade como centro estruturado de poder, civitas, confirmada pela presença de uma estrutura termal de 1 400 m², com uma área comercial anexa, datadas, respectivamente, do século I e primeira metade do II. Possui ainda uma estrutura do período castrejo, nomeadamente os banhos públicos e a Pedra Formosa, junto das termas.

BibliografiaEditar

  • Coutinhas, José Manuel - Aproximação à identidade etno-cultural dos Callaeci Bracari. Porto. 2006.
  • Guerra, Amílcar - Nomes pré-romanos de povos e lugares do Ocidente peninsular. Lisboa. 1998.

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.