Trauma vaginal


Trauma vaginal
Lesão por espacate pode causar trauma vaginal
Classificação e recursos externos
CID-10 S30.2
MedlinePlus 000509
MeSH ddb31998
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

O trauma vaginal é uma lesão da vagina. Isso pode acontecer durante o parto, agressão sexual e ocorrências acidentais.[1] Em adultos, a vagina é amplamente protegida de traumas devido à função protetora do monte púbico e dos grandes lábios. Essa proteção está faltando em meninas que não possuem uma camada protetora de gordura para proteger a vagina.[2]

O trauma vaginal pode ocorrer quando algo é inserido na vagina, por exemplo, um objeto pontiagudo que causa um trauma penetrante.[3] O trauma vaginal pode ocorrer como resultado de uma experiência sexual dolorosa ou de abuso sexual.[1] O trauma vaginal pode ocorrer em crianças como resultado de uma lesão por espacate. A maioria deles, embora angustiantes, não são ferimentos graves.[4]

Em alguns casos, ocorre uma lesão grave que requer atenção médica imediata. Principalmente se o sangramento não parar.[5]

Referências

  1. a b «Vagina: What's normal, what's not». Mayo Clinic (em inglês). Consultado em 17 de fevereiro de 2021 
  2. «Genital Injury - Female». Seattle Children’s Hospital (em inglês). Consultado em 17 de fevereiro de 2021 
  3. SOMMERS, MARILYN SAWYER (julho de 2007). «DEFINING PATTERNS OF GENITAL INJURY FROM SEXUAL ASSAULT». Trauma, violence & abuse (3): 270–280. ISSN 1524-8380. PMC 3142744 . PMID 17596344. doi:10.1177/1524838007303194. Consultado em 17 de fevereiro de 2021 
  4. «Straddle Injury/Genital Trauma». www.nationwidechildrens.org (em inglês). Consultado em 17 de fevereiro de 2021 
  5. Australia, Healthdirect (19 de junho de 2019). «Bleeding after a vaginal injury». www.healthdirect.gov.au (em inglês). Consultado em 17 de fevereiro de 2021 
  Este artigo sobre medicina é um esboço relacionado ao Projeto Saúde. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.