Tullia Zevi

Tullia Zevi (2 de fevereiro de 1919 - 22 de janeiro de 2011) foi uma jornalista e escritora italiana.

Tullia Zevi
Nascimento 2 de fevereiro de 1919
Milão
Morte 22 de janeiro de 2011
Roma
Cidadania Itália, Reino de Itália
Cônjuge Bruno Zevi
Alma mater
Ocupação jornalista, política, escritora
Prêmios
  • Cavaleiro Grã-Cruz da Ordem do Mérito da República Italiana

Sua família fugiu da Itália para a França, e depois para o Estados Unidos da América, após a ascensão do fascismo na década de 1930. Já residente em Nova Iorque, casou-se com Bruno Zevi e juntos, voltaram para a Europa em 1946. Foi uma das poucas jornalistas mulheres a relatar os Julgamentos de Nuremberg.[1]

ObraEditar

  • Ti racconto la mia storia: Dialogo tra nonna e nipote sull'ebraismo (2007)

Referências

  1. «Morre Tullia Zevi: os pêsames do papa» 
  Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.