Abrir menu principal

UFC Fight Night: Machida vs. Anders

Evento de MMA
UFC Fight Night: Machida vs. Anders
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02018-02-03 3 de fevereiro de 2018
Local Arena Guilherme Paraense
Cidade Brasil Belém
Cronologia
UFC on Fox: Jacaré vs. Brunson 2 UFC Fight Night: Machida vs. Anders UFC 221: Rockhold vs. Romero

UFC Fight Night: Machida vs. Anders (também conhecido como UFC Fight Night 125) foi um evento de artes marciais mistas (MMA) produzido pelo Ultimate Fighting Championship, realizado no dia 3 de fevereiro de 2018, na Arena Guilherme Paraense, em Belém, Brasil.[1]

Índice

BackgroundEditar

Enquanto o UFC recebeu vários eventos na Região Nordeste do Brasil, este evento marcará a primeira visita da promoção ao Pará, no Norte do Brasil.[1]

Uma luta no peso-médio entre o ex-Campeão Meio-Pesado do UFC, Lyoto Machida, e Eryk Anders, irá encabeçar este evento.[2]

Luis Henrique enfrentaria Timothy Johnson no evento. No entanto, Henrique foi removido do embate no início de dezembro, e foi substituído por Marcelo Golm.[3]

Nas pesagens, Michel Prazeres bateu 161 libras (73 kg), 5 libras (2,2 kg) acima do limite do peso-leve para lutas que não valem cinturão, de 156 libras (70,8 kg). Como resultado, a luta continuou no card, mas em "peso-casado", e Prazeres fora multado em 20% de sua bolsa, que irá para o seu adversário Desmond Green. Se ele ganhar, ele também perderá 20% do seu bônus de vitória.[4] Pedro Munhoz também não alcançou o peso, atingindo 4 libras (1,8 kg) acima do peso-galo para lutas que não valem cinturão, de 136 libras (61,7 kg). Por sua vez, sua luta contra o ex-desafiante ao Cinturão Peso Mosca do UFC e vencedor do The Ultimate Fighter: Team Bisping vs. Team Miller no peso galo, John Dodson, foi retirada do card, depois que Dodson recusou-se a lutar.[5]

Card OficialEditar

Card Principal (Fox Sports 1)
Categoria Método Round Tempo Notas
Médios   Lyoto Machida derrotou   Eryk Anders Decisão Dividida (48-47, 47-48 e 49-46) 5 5:00 .[6]
Moscas Feminino   Valentina Shevchenko derrotou   Priscila Cachoeira Finalização (Mata Leão) 2 4:25
Peso Casado (161 lbs)   Michel Prazeres derrotou   Desmond Green Decisão Unânime (30-27, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Pesados   Timothy Johnson derrotou   Marcelo Golm Decisão Unânime (30-27, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Galos   Douglas Silva de Andrade derrotou   Marlon Vera Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27) 3 5:00
Médios   Thiago Santos derrotou   Anthony Smith Nocaute Técnico (Chute no Corpo e Socos) 2 1:03
Card Preliminar (Fox Sports 2)
Meio-Médios   Sérgio Moraes derrotou   Tim Means Decisão Dividida (28-29, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Leves   Alan Patrick derrotou   Damir Hadžović Decisão Unânime (30-25, 30-27 e 30-27) 3 5:00
Palhas Feminino   Polyana Viana derrotou   Maia Stevenson Finalização (Mata Leão) 1 3:50
Galos   Iuri Alcântara derrotou   Joe Soto Nocaute Técnico (Chute no Corpo, Cotovelada e Socos) 1 1:06
Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Moscas   Deiveson Figueiredo derrotou   Joseph Morales Nocaute Técnico (Socos) 2 4:34

Bônus da NoiteEditar

Referências

  1. a b Staff (29 de outubro de 2017). «UFC makes debut in Belém, Brazil, with UFC Fight Night event on Feb. 3». mmajunkie.com. Consultado em 5 de novembro de 2017. 
  2. Max Freedman (14 de dezembro de 2017). «Lyoto Machida battles rising-star Eryk Anders in UFC Belém headliner». mma-today.com. Consultado em 14 de dezembro de 2017. 
  3. Marcel Dorff (7 de dezembro de 2017). «Marcelo Golm replaces Luis Henrique de Oliveira against Tim Johnson during UFC Belem». mmadna.nl. Consultado em 7 de dezembro de 2017.  (em neerlandês)
  4. Staff (2 de fevereiro de 2018). «UFC Fight Night 125 weigh-ins: Eryk Anders on mark on second try, but two miss». mmajunkie.com. Consultado em 2 de fevereiro de 2018. 
  5. Guilherme Cruz (2 de fevereiro de 2018). «John Dodson vs. Pedro Munhoz off of UFC Belem». mmafighting.com. Consultado em 2 de fevereiro de 2018. 
  6. Marcelo Barone, Marcelo Russio e Raphael Marinho (4 de fevereiro de 2018). «Com atuação inconstante, Lyoto vence luta polêmica contra Eryk Anders em Belém». Combate. Consultado em 4 de fevereiro de 2018. 

Ligações ExternasEditar