Abrir menu principal
Ulm
DE BW Ulm-Innenstadt2.jpg
Vista aérea de Ulm
Brasão Mapa
Brasão de Ulm
Mapa da Alemanha, posição de Ulm acentuada
Administração
País  Alemanha
Estado Baden-Württemberg
Região administrativa Tubinga
Distrito Distrito urbano
Prefeito Gunter Czisch
Partido no poder CDU
Estatística
Área 118,69 km²
Altitude 459-646 m
População 121.648 (31/12/2008)
Densidade populacional 1.025 hab./km²
Outras Informações
Placa de veículo UL
Código postal 89073-89081 (antigo: 7900)
Código telefônico 0731, 07304,
07305, 07346
Endereço da prefeitura Marktplatz 1
89073 Ulm
Website sítio oficial
Localização de Ulm
no estado de Baden-Württemberg
UL (St) in Baden-Württemberg.svg

Ulm é uma cidade da Alemanha localizada no Estado federal alemão de Baden-Württemberg, situada a cerca de 100 km a sudeste de Estugarda.[1]

Ulm é uma cidade independente (Kreisfreie Städte) ou distrito urbano (Stadtkreis), ou seja, possui estatuto de distrito (kreis). Situa-se na margem direita do rio Danúbio, na fronteira entre os estados federais de Baden-Würtemberg e Baviera. Do outro lado do rio, já na Baviera, estende-se a cidade gémea de Neu-Ulm.

A catedral de Ulm (Ulmer Münster), construída em estilo gótico, é o símbolo da cidade. Tem 161,53 metros de altura, naquela que é a maior torre de igreja do mundo. O edifício da nave da igreja tem 139,5 metros de altura e 59,2 m de largura ocupando uma superfície de 8260 m². Foi o local de nascimento de uma das pessoas mais famosas do século XX - Albert Einstein (1879-1955), Prémio Nobel de Física de 1921.

Índice

HistóriaEditar

Os judeus de UlmEditar

Ulm, situada na margem esquerda do rio Danúbio, na fronteira entre os actuais estados alemães de Baden-Württemberg e Baviera, tinha sido já na Idade Média o lar de uma comunidade de judeus (como muitas povoações alemãs). Numa manifestação de anti-semitismo, em 1493 a câmara municipal (Stadtrat) de Ulm decide a expulsão de todos os judeus desta povoação. O rei Maximiliano I sancionou esta decisão em 1499.

Até às influências do Iluminismo, com o seu pendor igualitário e a defesa dos direitos humanos, os judeus alemães viveram sempre com um estatuto legal de cidadãos de segunda classe.

Em 1730 volta a haver sinais da existência de uma comunidade judaica próxima de Ulm. Em Bad Buchau, uma localidade a 60 km a sudoeste de Ulm, é construída uma sinagoga.

Em 1850 foi construída uma estação ferroviária em Ulm, o que foi muito benéfico para a cidade. A população de Ulm cresceu imenso nestes anos. A partir de 1850 (350 anos depois da sua expulsão da cidade) volta a haver uma grande comunidade judaica em Ulm. Os judeus da cidade contribuíram inclusivamente para a estátua do profeta Jeremias (uma figura do Antigo Testamento) presente na catedral de Ulm.

Apenas em 1864, o rei Carlos I confere por decreto a igualdade legal de plenos direitos aos judeus no reino de Württemberg.


ClimaEditar

Dados climatológicos para Ulm
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 13 17 22 28 33 33 38 36 31 24 21 15 38
Temperatura máxima média (°C) 1 3 8 13 18 21 23 22 18 13 6 2 13
Temperatura mínima média (°C) -4 -4 -1 2 7 11 12 11 9 4 0 -3 4
Temperatura mínima recorde (°C) -28 -26 -18 -10 -3 1 4 3 -2 -7 -19 -22 -28
Precipitação (mm) 38,1 30,5 43,2 55,9 68,6 88,9 88,9 83,8 66 48,3 43,2 48,3 701
Fonte: [2] 19/12/2009

Cidadãos notóriosEditar

Referências

  1. «Bevölkerung und Erwerbstätigkeit 2011» (PDF) (em alemão). Statistisches Landesamt Baden-Württemberg 
  2. «Estatísticas do clima em weatherbase.com» 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ulm
  Este artigo sobre geografia da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.