Un long dimanche de fiançailles (filme)

filme de 2004 dirigido por Jean-Pierre Jeunet

Un long dimanche de fiançailles (Brasil: Eterno Amor / Portugal: Um Longo Domingo de Noivado) é um filme franco-estadunidense[2][4][5] de 2004, do gênero drama, realizado por Jean-Pierre Jeunet e com argumento de Jeunet e Guillaume Laurant, baseado no livro homônimo de Sébastien Japrisot. O filme é estrelado por Audrey Tautou, Gaspard Ulliel e Marion Cotillard. Recebeu duas indicações ao Oscar e doze indicações ao César, ganhando cinco, incluindo melhor atriz coadjuvante para Marion Cotillard e melhor ator revelação para Gaspard Ulliel. Também foi indicado ao Globo de Ouro e ao BAFTA na categoria de melhor filme estrangeiro.

Un long dimanche de fiançailles
Um Longo Domingo de Noivado[1] (PRT)
Eterno Amor[2] (BRA)
 França[3]
 Estados Unidos[4][5][2]
2004 •  cor •  133 min 
Direção Jean-Pierre Jeunet
Roteiro Jean-Pierre Jeunet,
Guillaume Laurant
Baseado em
Elenco Audrey Tautou
Gaspard Ulliel
Marion Cotillard
Dominique Pinon
Chantal Neuwirth
André Dussolier
Ticky Holgado
Género drama, romance, guerra
Música Angelo Badalamenti
Companhia(s) produtora(s) 2003 Productions
Warner Bros. France
Tapioca Films
TF1 Films Production
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento 27/10/2004 França

17/12/2004 Estados Unidos

Idioma francês

SinopseEditar

Após o fim da primeira guerra mundial, a jovem Mathilde aguarda notícias sobre Manech, seu noivo. Mathilde fica a saber que Manech fez parte de um grupo de cinco soldados que, individualmente, provocaram a sua própria mutilação, para que deixassem a frente de batalha da guerra.

Os cinco são condenados à morte pela corte marcial e, após serem levados para uma trincheira francesa, são deixados à morte no território existente entre o local em que estavam e a trincheira alemã.

Apesar de todos serem considerados mortos pelo exército francês, Mathilde acredita que Manech está vivo e inicia, por conta própria, uma busca por pistas que confirmem isso.

ElencoEditar

  • Audrey Tautou.... Mathilde
  • Gaspard Ulliel.... Manech
  • Jean-Pierre Becker.... tenente Esperanza
  • Dominique Bettenfeld.... Ange Bassignano
  • Clovis Cornillac.... Benoît Notre-Dame
  • Marion Cotillard.... Tina Lombardi
  • Jean-Pierre Darroussin.... Benjamin Gordes
  • Julie Depardieu.... Véronique Passavant
  • Jean-Claude Dreyfus.... comandante Lavrouye
  • André Dussollier.... Rouvières
  • Tchéky Karyo.... capitão Favourier
  • Jérôme Kircher.... Bastoche
  • Jodie Foster.... Elodie Gordes
  • Denis Lavant.... Six-Soux
  • Chantal Neuwirth.... Bénédicte
  • Dominique Pinon.... Sylvain
  • Ticky Holgado

Prémios e nomeaçõesEditar

  • Recebeu duas nomeações ao Óscar, nas categorias de:
    • Melhor fotografia[6]
    • Melhor direcção de arte[6]
  • Recebeu uma nomeação ao Globo de Ouro na categoria de melhor filme estrangeiro[7]
  • Recebeu uma nomeação ao BAFTA na categoria de melhor filme estrangeiro[8]
  • Ganhou cinco Césares, nas seguintes categorias:
    • Melhor actriz secundária (Marion Cotillard)[9]
    • Melhor revelação masculina (Gaspard Ulliel)[9]
    • Melhor fotografia[9]
    • Melhor desenho de produção[9]
    • Melhor guarda-roupa[9]
  • Recebeu ainda outras sete nomeações, nas categorias de:
    • Melhor filme[9]
    • Melhor realizador[9]
    • Melhor actriz (Audrey Tautou)[9]
    • Melhor argumento[9]
    • Melhor edição[9]
    • Melhor banda sonora[9]
    • Melhor som[9]

Referências

  Este artigo sobre um filme francês é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.