Unione

Técnica de pintura, um dos quatro cânones renascentistas.
Transfiguração, 1518-1520, Museus Vaticanos. A pintura apresenta as técnicas: unione e chiaroscuro.

Unione ('uŋjonɛ) é um dos quatro modos de pintura canônica do Renascimento,[1] junto com o sfumato, o chiaroscuro e o cangiante.[2] O unione é caracterizado por uma variação do sfumato que mantém as cores vibrantes.

Rafael Sanzio foi um expoente da técnica, como pode ser visto em 'A Bela Jardineira' ou 'Alba Madonna'.[3]

Há quem afirme que Rafael foi o artista central no desenvolvimento das técnicas: chiaroscuro e unione.[4]

Referências

  1. «The Four Canonical Painting Modes of the Renaissance» , visitado em 18 de junho de 2015.
  2. Hall, Marcia B. (1994). Color and Meaning: Practice and Theory in Renaissance Painting. New York, N.Y.: Cambridge University Press. ISBN 978-0-521-45733-0 
  3. O unione de Rafael, visitado em 18 de junho de 2015.
  4. Hall, Marcia B., Color and Meaning: Practice and Theory in Renaissance Painting, Cambridge University Press (1992), p. 93.
  Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.