Vincenzo Catena

Pintor italiano (1470-1531)

Vincenzo Catena (1480-1531)[1] foi um pintor italiano da escola veneziana da Renascença. Ele também é conhecido como Vincenzo de Biagio.

Vincenzo Catena
Retrato de um Jovem
Nascimento 1480
Itália
Morte 2 de maio de 1519 (67 anos)
Ocupação pintor
Principais trabalhos Retábulo de Santa Cristina
Retrato de Gian Giorgio Trissino
Escola/tradição Escola Veneziana
Movimento estético Renascimento
Retrato de uma Mulher, pintura por Vincenzo Catena, 1520, Museu de Arte de El Paso

BiografiaEditar

A data e o local do nascimento de Catena não são conhecidos. O registo mais antigo conhecido que cita Vicenzo Catena esté em uma inscrição na parte de trás do quadro Laura de Giorgione, em que ele é descrito como o pintor Cholego. Mas seu estilo inicial era, no entanto, muito mais próximo de Giovanni Bellini do que de Giorgione até alguns anos após a morte de Giorgione em 1510, quando sua influência começou a mostrar-se nas obras de Catena.[1] Catena também fez algumas concessões pontuais às influências de outros artistas mais avançados como Tiziano, Palma el Viejo e Pordenone. A mesma posição foi adotada por outros pintores de seu tempo, como Pietro degli Ingannati, Pietro Duia, Francesco Bissolo, Vittore Belliniano. Catena e Marco Basaiti, cujos trabalhos são por vezes confundidos, seriam os pintores da mais alta qualidade entre este grupo de artistas arcaicos. Há cerca de uma dúzia de pinturas assinadas por Catena durante sua existência, embora somente uma delas, o Martírio de Santa Cristina (1520) que está na igreja de Santa Maria, Mater Domini em Veneza, possuir uma inscrição em mármore certificando a data de sua realização.[2]

Os testamentos de Catena da indícios de que ele era um homem de alguma riqueza, e que tinha amigos no círculo humanista de Veneza.[1]


Trabalhos em destaqueEditar

ReferênciasEditar

  1. a b c Martineau, Jane; Hope, Charles. «Vinceno Catena». In: Robertson. The Genius of Venice 1500–1600. [S.l.: s.n.] ISBN 9780810909854. JSTOR 776759 
  2. «A New Addition to the Oeuvre of Vincenzo Catena» (PDF). St Andrews Journal of Art History and Museum Studies. 13 

FontesEditar

Links externosEditar