Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Vito Genovese
Data de nascimento 21 de novembro de 1897
Local de nascimento Tufino, Campânia
Flag of Italy (1861-1946) crowned.svg Reino da Itália
Data de morte 14 de fevereiro de 1969 (71 anos)
Local de morte Springfield, Missouri
 Estados Unidos
Nacionalidade(s) Itália Estados Unidos Ítalo-americano
Ocupação Gângster
Crime(s) Contrabando, formação de quadrilha, tráfico de drogas, máfia
Pena Condenado a 15 anos em 1959 por Tráfico de drogas
Situação Morreu no 10º ano da pena
Afiliação(ões) Família Luciano / Genovese, Charles Luciano, Frank Costello, Carlo Gambino

Vito Genovese, conhecido por Don Vito (Tufino, 21 de novembro de 1897[1][2]Springfield, 14 de fevereiro de 1969), foi um gângster mafioso ítalo-americano, tido por alguns como membro da máfia durante a Guerra Castellammarese para mais tarde se tornar líder da família do crime, Genovese. Genovese serviu como mentor para muitos futuros patrões da máfia incluindo Vincent "The Chin" Gigante, Michael "Mike the Pipe" Genovese e Carlo "Don Carlo" Gambino. É também um familiar de Thomas Genovese[3].

Foi condenado a 15 anos de prisão por tráfico de drogas no dia 17 de abril de 1959, morreu vítima de um ataque cardíaco em 14 de fevereiro de 1969 aos 71 anos no Centro Médico para presos federais em Springfield, Missouri onde cumpria pena. Faltavam 5 anos para Vito ser libertado.

Vito deixou uma viúva, 2 filhos e uma família do crime organizado com seu nome atuante até os dias de hoje.

Está sepultado no St. John Cemetery em Middle Village, no Queens, junto com seus parceiros de máfia, Charles Luciano e Carlo Gambino.

Genovese fichado na polícia em 1959

Referências