Vladimir Souza Carvalho

Vladimir Souza Carvalho (Itabaiana, 6 de abril de 1950) é desembargador do Tribunal Regional Federal da 5ª Região. É também historiador e escritor, ocupante da cadeira de número 25 da Academia Sergipana de Letras.

Vladimir Souza Carvalho
Nascimento 6 de abril de 1950
Cidadania Brasil
Alma mater
Ocupação juiz

Carreira JurídicaEditar

Formado em direito pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), tendo sido, antes, juiz de direito das comarcas de Nossa Senhora da Glória e Campo do Brito, respectivamente, e, depois, juiz federal da 2ª Vara das Seções Judiciárias do Piauí, Alagoas e Sergipe.


Decisão PolêmicaEditar

O Desembargador em decisão proferida no TRF, na data de 17 de dezembro de 2010, declarou inconstitucional o exame para a prova da Ordem dos Advogados do Brasil. O que causou amplo debate na mídia, visto ter sido uma decisão inédita.

A OAB em resposta, declara a suspeição do desembargador, pois provavelmente estaria imbuído de interesse pessoal, visto que seu filho teria sido reprovado 4 vezes no exame da Ordem.

Carreira LiteráriaEditar

Produziu vários livros de contos, poesias, história municipal da sua cidade natal (Itabaiana), folclore e direito. Alguns de seus livros de contos: "Quando as cabras dão leite" (1971), "Mulungu Desfolhado (1994), "Água de Cabaça" (2003), "Feijão de Cego", que será lançado no dia 28 de agosto em Itabaiana.

Na poesia: "Sinal Verde, trânsito vermelho" (1972), "Dois Instantes e uma saudade" (inédito). Na história municipal: "Santas Almas de Itabaiana Grande" (1973), "A República Velha em Itabaiana" (2000) e "Vila de Santo Antonio de Itabaiana", que também será lançado em 28 de agosto, data em que Itabaiana passou de vila para cidade.

No folclore: "O Caxangá na história de Itabaiana" (1976), "Apelidos em Itabaiana", "Adivinhas Sergipanas" (1999) e no Direito: "Da Justiça Federal e sua Competência" (1980), "Manual de Judicatura Aplicada" e "Competência da Justiça Federal" (sete edições publicadas). E em preparo, "Manual de Competência da Justiça Federal". Vladimir de Souza colabora com a publicação de artigos no jornal Correio de Sergipe.

Em março de 2009, foi escolhido para dar nome ao Fórum da Justiça Federal de Itabaiana.

Ligações externasEditar