Abrir menu principal
W. C. Fields
Nascimento 29 de janeiro de 1880
Filadélfia
Morte 25 de dezembro de 1946 (66 anos)
Pasadena
Sepultamento Forest Lawn Memorial Park
Cidadania Estados Unidos
Ocupação ator de cinema, comediante, roteirista, artista de cabaré, artista de circo, ator de teatro
Religião ateísmo
Página oficial
https://www.wcfields.com/

W. C. Fields, pseudônimo de William Claude Dukenfield, (Darby, Pensilvânia, 29 de janeiro de 1880Pasadena, 25 de dezembro de 1946) foi um humorista e ator estadunidense.

No cinema, foi um dos criadores mais inventivos da comédia burlesca e era conhecido por seu mau humor (If I Had a Million, 1932; Six of a Kin, 1934).

Primeiros anosEditar

Fields nasceu William Claude Dukenfield em Darby, Pensilvânia, o filho mais velho de uma família da classe trabalhadora. Seu pai, James Lydon Dukenfield (1840-1913), era de uma família inglesa que emigrou de Sheffield, Inglaterra, em 1854.[1][2]

SepulturaEditar

 
Nicho de W. C. Fields no Columbarium of Nativity no Grande Mausoléu, Forest Lawn Memorial Park (Glendale)

.

Um trecho popular do folclore de Fields sustenta que está inscrito em sua sepultura "Eu prefiro estar na Filadélfia" - ou uma variante próxima a isto. A lenda originou-se de um falso epitáfio escrito por Fields para um artigo de 1925 da Vanity Fair: "Here Lies / W.C. Fields / I Would Rather Be Living in Philadelphia".[3] Na realidade, sua sepultura registra apenas seu nome artístico e os anos de seu nascimento e morte.[4]

Referências

  1. Simon Louvish, Man on the Flying Trapeze: The Life and Times of W. C. Fields, 1997, pp. 29–30.
  2. «The Myth Of W.c.». Sun Sentinel 
  3. Reprinted in Vanity Fair: Selections from America's Most Memorable Magazine, edited by Cleveland Amory and Frederic Bradlee, Viking Press (1960), pp. 102-3.
  4. Louvish, S. Man on the Flying Trapeze: The Life and Times of W.C. Fields. Faber & Faber (1999), p. 34.
 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: W. C. Fields