Abrir menu principal
Wet 'n Wild Orlando
225px
Localização Orlando
 Flórida
 Estados Unidos
Coordenadas
Website Página oficial
Proprietário NBCUniversal (Comcast)
Aberto em 13 de março de 1977
Antigos nomes Wet n' Wild FunPark
Funcionamento Ano todo
Área 120 000 m²
Atrações 17 atrações
Slogan "The Recognized Name in Family Water Fun!"

Wet 'n Wild Orlando foi um parque aquático localizado no Universal Orlando Resort em Orlando, Flórida, Estados Unidos. O parque foi fundado em 1977 pelo criador do SeaWorld, George Millay, e é considerado o primeiro parque aquático dos Estados Unidos.

O parque foi apresentado no Travel Channel's Extreme Waterparks e foi também o cenário do clipe musical Se A Vida É dos Pet Shop Boys.

HistóriaEditar

Desenvolvimento e propriedadeEditar

Enquanto desenvolvia o SeaWorld, George Millay percebeu a necessidade de um parque aquático, mais tarde lembrando que "estando na Flórida, com todo seu calor e sol quente, você naturalmente pensa em se refrescar na água". Em meados da década de 1970, Millay direcionou seu tempo e dinheiro no projeto. A ideia do Wet 'n Wild surgiu do splash pad do Ontario Place no Canadá e da piscina de ondas de Point Mallard Park no Alabama. Millay visava combinar esses dois elementos e construir o parque para alcançar um bom retorno sobre investimento. Devido ao seu sucesso anterior com o SeaWorld, Millay foi capaz de formar um time de investidores para financiar o projeto.[1]

O Wet 'n Wild foi inaugurado em Orlando em 13 de março de 1977. Embora o Wet 'n Wild tenha aberto com chuva e sofrido um prejuízo de $600 000 no primeiro ano de operação, Millay manteve o parque aberto. Millay mais tarde afirmou que o parque "começou a dar lucro no segundo ano e nunca mais voltou para trás".[1] O sucesso do parque fez surgir vários outros parques da marca Wet 'n Wild pelas Américas.[2] Millay recebeu o primeiro Lifetime Achievement Award da Associação Mundial de Parques Aquáticos que o nomeou o "Pai Oficial dos Parques Aquáticos".[3]

Em 1998, Millay vendeu sua participação nos parques Wet 'n Wild. O Wet 'n Wild Orlando foi comprado pelo Universal Studios Recreation Group que continuou a arrendar o terreno onde o parque está localizado.[4] Em meados de 2013, a Universal comprou o terreno de 20 hectares por $30,9 milhões.[5]

ExpansãoEditar

 
Brain Wash

Em 1998, o Hydra Fighter foi adicionado ao parque.[6] Os visitantes são capazes de controlar suas gôndolas suspensas através do uso de pistolas de água de alta potência.[7]

Em 2000, o Wet 'n Wild renovou a área para crianças de seu parque. O tema original de aviação foi convertido para um tema de castelo de areia. A renovação contou com três escorregadores "Kidz" com tecnologia ProSlide Technology, bem como um castelo com um balde pingando que 250 galões (950 litros) a cada três minutos e meio. Com a exceção dos três escorregadores, a atração foi fabricada inteiramente pela Integrity Attractions.[8][9]

Em 2001, o Wet 'n Wild Orlando começou um plano de expansão com o fabricante de toboáguas canadense ProSlide Technology.[10] O parque incluiu The Storm, um par de toboáguas ProBowls em 2001;[11][12] The Blast, um toboágua inline, em 2003;[13] Disco H2O, um Behemoth Bowl fechado, em 2005;[14][15] e Brain Wash, um Tornado fechado, em 2008.[16][17]

Em 2011, o Kids Park foi demolido. Em 2012, ele foi substituído pela Blastaway Beach, uma área para crianças maior, também tematizada com castelos de areia.[16]

PúblicoEditar

O Wet 'n Wild foi o parque aquático mais visitado nos Estados Unidos por oito anos até 1999, quando o Typhoon Lagoon e o Blizzard Beach do Walt Disney World o ultrapassaram.[4][18] Na época, o Wet 'n Wild Orlando atraía cerca de 1,3 milhões de visitantes por ano.[2][19]

AtraçõesEditar

 
The Storm
 
Disco H2O
Nome Tipo Fabricante Aberto em
Aqua Drag Racer Quatro escorregadores de corrida 2014
Black Hole Dois toboáguas inline fechados 1990 [20]
Blastaway Beach Área para crianças ProSlide 2012 [21]
The Blast Toboágua inline ProSlide 2003 [13]
The Bomb Bay Toboágua de queda livre [22]
Brain Wash Tornado fechado ProSlide 2008 [17][16]
Der Stuka Toboágua de queda livre [23]
Disco H2O Behemoth Bowl fechado ProSlide 2005 [14][15]
The Flyer (originalmente Fuji Flyer) Dois toboáguas inline ProSlide 1996 [21][24]
Lazy River Lazy river 1977
Mach 5 Três toboáguas 1986 [23]
The Storm ProBowls ProSlide 2001 [11][12]
The Surge Mammoth ProSlide 1994 [25][26]
The Wake Zone Esportes aquáticos 1977
Wave Pool Surf Lagoon Piscina de ondas 1977

Atrações antigasEditar

Nome Tipo Fabricante Aberto em Fechado
Hydra Fighter Atração suspensa 1998 [6][7]
Hydra-Maniac Dois toboáguas fechados 1986 [23]
Kids Park Área para crianças 1992 2000 [27]
Kids Park Área para crianças ProSlide, Integrity Attractions 2000 2011 [8][9][16]
Mach 5 Dois toboáguas inline 1986 [23]
Blue Niagara Dois toboáguas invertidos fechados
Bubba Tub Toboágua para famílias 1992 2014 [21][27]

Referências

  1. a b O'Brien, Tim (16 de novembro de 1998). «George Millay: From Sea World to Wet'n Wild, the father of the modern waterpark has definitely made a splash». Amusement Business. 110 (46): 19 
  2. a b Guier, Cindy Stooksbury (16 de novembro de 1998). «Wet'n Wild». Amusement Business. 110 (46): 23 
  3. O'Brien, Tim (8 de outubro de 2001). «Waterpark officials address variety of industry concerns». Amusement Business. 113 (40): 18-19 
  4. a b Zoltak, James (12 de outubro de 1998). «Universal dives into waterparks industry». Amusement Business. 110 (41): 1 
  5. «Universal Orlando buys Wet 'n Wild land». Orlando Sentinel. 27 de junho de 2013. Consultado em 6 de janeiro de 2014 
  6. a b Powell, Tom (6 de julho de 1998). «New ride, promos keep Wet 'n Wild at the top of waterpark industry». Amusement Business. 110 (27): 13 
  7. a b Thomas, Rebecca (10 de abril de 1998). «Hydra Fighter Makes Splash». Orlando Sentinel. Consultado em 6 de janeiro de 2014 
  8. a b O'Brien, Tim (18 de março de 2002). «Orlando Waterpark plans to let kids get 'Wild'». Amusement Business. 114 (11): 6 
  9. a b Mooradian, Don (8 de abril de 2002). «M&S news». Amusement Business. 114 (14): 4 
  10. O'Brien, Tim (29 de outubro de 2001). «Riley talks 'Circle of Life' at WWA confab». Amusement Business. 113 (43): 21 
  11. a b Zoltak, James (2 de abril de 2001). «Parks & fairs: Tourism season bodes well». Amusement Business. 113 (13): 21-22 
  12. a b Predefinição:Parkz
  13. a b Swain Vadnie, Rebecca (25 de abril de 2003). «Watery Fun At Full Blast». Orlando Sentinel. Consultado em 7 de janeiro de 2014 
  14. a b Barbieri, Kelly (janeiro de 2006). «Waterparks catch a nice wave». Amusement Business. 118 (3): 12 
  15. a b Predefinição:Parkz
  16. a b c d Bevil, Dewayne (7 de junho de 2012). «It's playtime at Wet 'n Wild's Blastaway Beach». Orlando Sentinel. Consultado em 5 de janeiro de 2014 
  17. a b Predefinição:Parkz
  18. O'Brien, Tim (6 de novembro de 2000). «Waterparks growth rate leads industry». Amusement Business. 112 (45): 1,20 
  19. O'Brien, Tim (15 de março de 1999). «Ogden Corp. purchases Wet'n Wild». Amusement Business. 111 (11): 1 
  20. Weiss, Devi (16 de fevereiro de 1990). «Black Hole Water Slide Makes Debut At Wet 'n Wild». Orlando Sentinel. Consultado em 7 de janeiro de 2014 
  21. a b c «Rides on Every Continent». ProSlide Technology. Consultado em 8 de janeiro de 2014 
  22. Predefinição:Parkz
  23. a b c d Gilbert, Paul (3 de agosto de 1986). «Wet 'n Wild Water Park An Orlando Oasis». Orlando Sentinel. Consultado em 7 de janeiro de 2014 
  24. Thomas, Rebecca (22 de março de 1996). «Fuji Flyer: A Wild New Way To Get Wet». Orlando Sentinel. Consultado em 7 de janeiro de 2014 
  25. Shrieves, Linda (29 de abril de 1994). «Worth Wading For». Orlando Sentinel. Consultado em 7 de janeiro de 2014 
  26. Predefinição:Parkz
  27. a b «The Bubba Tub». Orlando Sentinel. 14 de fevereiro de 1992. Consultado em 7 de janeiro de 2014 

NotasEditar

Ligações externasEditar