Wikipédia:Critérios de notoriedade/Educação

Segundo a votação e outras discussões, são notórios:

BibliotecasEditar

  • Aquelas que, por tradição histórica, tamanho do acervo, etc, desfrutem de prestígio pelo menos na subdivisão de primeiro nível de seu país.

Instituições de ensinoEditar

  • Devem ser reconhecidas pelo Ministério da Educação ou equivalente, e possuir ao menos uma destas características:
  1. Nível superior.
  2. Ensino técnico ou profissionalizante.
  3. REVOGADO.[1]
  4. Qualquer rede de ensino particular ou pública, de abrangência estadual ou maior,[1] por exemplo: "Rede de Ensino Coração de Jesus" (particular) ou "Rede de ensino público do estado de São Paulo" (rede pública). Em casos especiais, pode-se dividir uma rede de ensino muito grande em regiões menores, caso isso possa gerar assunto distinto.
  5. Escola que possua alguma importância (no mínimo dentro da subdivisão de primeiro nível de seu país) social, histórica, econômica, turística ou política que justifique sua existência; por exemplo, uma "escola padrão" de determinada região.
  6. Escola que possua algum diferencial pedagógico, ou boa classificação em exames como, por exemplo, o ENEM (nesse caso, é necessário haver uma fonte fiável e imparcial na mídia, não sendo consideradas autorreferências).
  7. Escola que, por tradição histórica, inovação pedagógica, etc, desfrute de prestígio pelo menos em nível nacional de seu país.

Órgãos universitáriosEditar

  • Por órgão universitário entende-se os departamentos, programas, etc, sendo notórios:
  1. Aqueles que, por tradição histórica, qualidade acadêmica, etc, desfrutem de prestígio nacional.

Grêmios e associações estudantisEditar

  • Aqueles que estão relacionados a fatos que tiveram grande impacto social em nível nacional ou internacional (por exemplo: UNE).

Referências