Abrir menu principal

Wikipédia:Esplanada/propostas/Redação da regra ER6 (23abr2011)

Citação: Regra 6 de eliminação rápida escreveu: « Páginas em que o título é evidentemente spam. Por spam entende-se páginas cujo título ou único conteúdo é um anúncio, por exemplo, a um "cassino online". (Isto de certa forma está incluído em "3. Páginas com títulos absurdos em termos enciclopédicos") - Tudo isso desde que: 6.1. A página não tem artigos afluentes, ou o artigo afluente também contém material impróprio. 6.2. O título não seja apenas o nome de uma empresa, marca ou campanha publicitária relevante.» Sugiro alterar o texto desta regra. O que importa na Wikipédia é o conteúdo e não o título. Proponho também revogar as sub-regras 6.1 e 6.2, as razões são: 1)propaganda não pode ser mantida independentemente dos afluentes; 2)Não é porque um empresa é relevante que poderá ter propaganda na Wikipédia.

Políticas relevantes: O que a Wikipédia não é, Princípio da imparcialidade e Política de eliminação. Lechatjaune msg 14h41min de 23 de abril de 2011 (UTC)

  • Symbol support vote.svg Concordo Luan msg 15h13min de 23 de abril de 2011 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo plenamente. Temos bastantes problemas com essa regras por ela apenas se referir ao SPAM e não a toda a propaganda em geral, então acho que a mudança será ótima. BelanidiaMsg 16h18min de 23 de abril de 2011 (UTC)
  • Symbol comment vote.svg Comentário Qual é a proposta para a redação final? Não é melhor já discutirmos com base numa? José Luiz disc 16h32min de 23 de abril de 2011 (UTC)
Sugestão: "Páginas cujo conteúdo é evidentemente publicitário, promocional ou panfletário." Lechatjaune msg 16h47min de 23 de abril de 2011 (UTC)

É importante manter "único conteúdo". Já vi muita página ser eliminada por ter um aspecto geral de anúncio mas que se consegue extrair info objectiva e não publicitária, ou seja, limpar aquilo que realmente não interessa. Lijealso (discussão) 17h31min de 23 de abril de 2011 (UTC)

Sugestão2: "Páginas cujo único conteúdo é evidentemente publicitário, promocional ou panfletário.". Assim? José Luiz disc 18h12min de 24 de abril de 2011 (UTC)

Até concordaria, mas acho que existe um enorme abuso na aplicação desta regra, com marcações indevidas do que não é propaganda, imagina se mudar o texto pro que você quer. O grande problema é que propaganda é algo muito subjetivo. Por exemplo

Artigo Casas Faria Grande feirão de móveis amanhã nas Casas Faria. Casas Faria é a empresa que vende melhor, mais barato, melhor atendimento, melhores condições de financiamento, venha conferir!

Isso é SPAM, mas nem precisa de regra própria, já pode ser eliminado por ER#20 (Wikipedia:Impróprio).

Porém...

Artigo Casas Faria Casas Faria é uma empresa de tradição que existe na região norte do Rio de Janeiro, fundada em 1945. A empresa vende imóveis, considerada por analistas como de boa qualidade. Foi criada pelo descendente de árabes Fabiano Farah, sendo seu nome um trocadilho como sobrenome de seu criador.

Isso já não é SPAM, é um mínimo sem fontes de relevância questionável que pode ser encaminhado à ESR ou PE, ou pode simplesmente ter-lhe acrescentada a tag "Sem fontes", ou pode até mesmos ter fontes acrescentadas por alguém. ER não, pq não é um spam, no sentido de que o artigo não é um panfleto publicitário, mas apenas um artigo em tom enciclopédico sobre uma empresa que a maioria não conhece e pode ser considerada não-notória. Mas notoriedade é uma coisa, SPAM é outra. Muitos confundem, e chamam de SPAM aquilo que supostamente é irrelevante (na opinião deles), por mais que tenha fontes. Claro que nem tudo que tem fontes é notório, se essas fontes não indicarem a notoriedade, é um artigo que pode ser não enciclopédico, por não ser notório. Mas não é uma propaganda, no sentido estrito, por mais que o criador tenha vindo com o objetivo de divulgar. Deve ser avaliada é a notoriedade e pertinência do artigo, nunca a intenção do autor, mas isso ainda parece não ser bem compreendido.

Haja vista as PEs onde usuários usam frequentemente argumentos de "spam", "BSRE" para coisas que não o são, explicitamente. Nesse sentido, considero muito perigosa essa mudança na regra, penso que deveria ser justamente o contrário, a regra deveria ser incorporada pela regra #20, ou seja, o que é SPAM evidente deveria ser apagado como impróprio também. RmSilva msg 23h24min de 25 de abril de 2011 (UTC)