Yuri Gidzenko

Yuri Pavlovich Gidzenko (em russo: Гидзенко, Юрий Павлович) (Elanets, 26 de março de 1962) é um ex-coronel da Força Aérea Russa e cosmonauta de testes no Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin.

Yuri Gidzenko
Nascimento 26 de março de 1962 (60 anos)
Elanets, Ucrânia, URSS
hoje Ucrânia
Nacionalidade Rússia russo
Carreira espacial
Cosmonauta da URSS
Tempo no espaço 329d 22h 44m[1]
Seleção 1987[1]
Tempo de AEV 3h 35m[2]
Missões
Insígnia da missão Insígnia Soyuz TM-22 Insígnia Soyuz TM-31 Insígnia STS-102 Insígnia Expedição 1 Insígnia Soyuz TM-34 Insígnia Soyuz TM-33
Aposentadoria 2001[1]

EstudosEditar

Gidzenko concluiu a Escola Superior de Pilotagem Militar em Kharkov (Ucrânia) em 1983, e o curso de Geodesia e Cartografia da Universidade Estatal de Moscovo em 1994.

CarreiraEditar

Depois de concluir a escola de pilotagem em 1983, Gizdenko serviu na Força Aérea como piloto e piloto sénior.

Entre Dezembro de 1987 e Junho de 1989, cumpriu o treino básico para o espaço na qualidade de candidato a cosmonauta de testes. Desde Setembro de 1989, cumpriu treino avançado como candidato a cosmonauta de testes.

Gidzenko é instrutor de treino geral de pára-quedismo. Tem no currículo um total de 145 saltos de pára-quedas.

De Março a Outubro de 1994 treinou para um voo espacial como comandante de reserva (17ª Expedição Primária/Programa Euro-Mir-94).

De Novembro de 1994 a Agosto de 1995 treinou para um voo espacial a bordo do veículo de transporte Soyuz-TM e do complexo orbital Mir na qualidade de Comandante da Tripulação Principal da Expedição 20 (programa Euro-Mir-95). Yuri Gidzenko esteve a bordo da Mir de 3 de Setembro de 1995 a 29 de Fevereiro de 1996, somando 180 dias no espaço. Um dos membros da tripulação de Gidzenko foi um astronauta da ESA.

Em Outubro de 1996, foi nomeado para a tripulação da ISS-1 na Expedição 1, e começou o treino de piloto da ISS e de comandante do veículo de transporte Soyuz. Yuri Gidzenko esteve a bordo da Soyuz/ISS/Space Shuttle entre 31 de Outubro de 2000 e 21 de Março de 2001 e somou mais 140 dias no espaço.

Desde Agosto de 2001, Gidzenko treinou como comandante da tripulação do Taxi-3. O lançamento teve lugar a 25 de Abril de 2002 a bordo da Soyuz TM-34. Gidzenko regressou à Terra a 5 de Maio de 2002 a bordo da Soyuz TM-33, somando mais 9 dias no espaço. O seu total é, pois, de 329 dias no espaço

Durante o primeiro voo, Gidzenko realizou duas actividades extraveiculares. A primeira teve lugar a 8 de Dezembro de 1995 e durou apenas 29 minutos; a segunda teve lugar dois meses mais tarde, a 8 de Fevereiro de 1996, e durou 3 horas e 6 minutos.

CondecoraçõesEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b c «Cosmonaut Biography: Yuri Gidzenko». 25 de agosto de 2018. Consultado em 8 de agosto de 2021 
  2. «Yuri Gidzenko - EVA experience». Consultado em 8 de agosto de 2021 

Precedido por
Anatoly Solovyev
Comandante da Mir
11 de setembro de 1995 - 29 de fevereiro de 1996

Sucedido por
Yuri Onufrienko


  Este artigo sobre cosmonautas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.