Abrir menu principal
Zhang Chenglong
Informações pessoais
Apelido "Gymnastics Giant"
Modalidade Ginástica artística masculina
Especialidade Individual geral
Representante China
Nascimento 12 de maio de 1989 (30 anos)
Jinan, Shandong
Nacionalidade China chinesa
Compleição Peso: 65 kg Altura: 1,73 m
Nível Sênior
Treinador Wang Hongwei (seleção)
Clube Shandong Province Gymnastic Team
Período em atividade 2010 – atualidade
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 Equipes
Bronze Rio 2016 Equipes
Campeonatos Mundiais
Ouro Roterdã 2010 Equipes
Ouro Roterdã 2010 Barra fixa
Ouro Tóquio 2011 Equipes
Ouro Nanning 2014 Equipes
Prata Tóquio 2011 Barras paralelas
Prata Tóquio 2011 Barra fixa
Bronze Glasgow 2015 Equipes
Jogos Asiáticos
Ouro Cantão 2010 Equipes
Ouro Cantão 2010 Solo
Ouro Cantão 2010 Barra fixa

Zhang Chenglong (chinês: 张成龙, pinyin: Zhāng Chénglóng; Jinan, 12 de maio de 1989) é um ginasta chinês que compete em provas de ginástica artística.

Representou a China em duas edições de Jogos Olímpicos, conquistando a medalha de ouro por equipes em Londres 2012 e o bronze no mesmo evento em 2016, no Rio de Janeiro.[1] Possui quatro títulos em Campeonatos Mundiais, sendo três por equipes e um na barra fixa, e três ouros nos Jogos Asiáticos de 2010.

CarreiraEditar

Zhang estreou nas categorias juvenis da China em 2002 e em 2010 passou a competir entre os adultos.[2] Nesse primeiro ano já foi convocado para disputar seu primeiro Campeonato Mundial, em Roterdã, Países Baixos, e ajudou sua equipe a ganhar a medalha de ouro com 274,997 pontos totais, a frente do Japão e da Alemanha.[3] Conseguiu uma boa performance na barra fixa e alcançou a final desse aparelho com a melhor nota nas qualificatórias,[4] onde melhorou ainda mais o seu desempenho na final para obter sua única medalha de ouro individual em mundiais.[5] Encerrando a temporada de 2010, integrou a delegação chinesa nos Jogos Asiáticos em Cantão, e competindo em casa conquistou três medalhas de ouro: solo, barra fixa e por equipes.[6][7]

Durante o Campeonato Mundial de 2011 em Tóquio, conquistou novamente a medalha de ouro por equipes com uma pontuação final ainda melhor que em 2010 (275.161).[8] Nas finais por aparelhos dividiu a medalha de prata nas barras paralelas, ao conquistar a mesma pontuação do grego Vasileios Tsolakidis,[9] e outra prata na barra fixa, prova em que defendia o título, ao ficar atrás do compatriota Zou Kai.[10] Nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, Zhang ajudou a equipe chinesa a conquistar a medalha de ouro na competição por equipes com uma pontuação final de 275,997, mais de três pontos a frente do Japão.[11] Também competiu nas finais das barras paralelas e da barra fixa, mas terminou fora do pódio em ambos os eventos.[12][13]

Participou do Campeonato Mundial de 2014, realizado em Nanning, e com uma nota expressiva na barra fixa (15,966) contribuiu para a vitória dos donos da casa na final por equipes por apenas 0,1 ponto de vantagem sobre o Japão.[14] Na final do aparelho não repetiu o mesmo desempenho e acabou fora do pódio, que teve a vitória do neerlandês Epke Zonderland.[15] No ano seguinte conquistou a medalha de bronze por equipes no Mundial de Glasgow, marcando a primeira vez que a China não conquistou o ouro nesse evento desde 2001.[16]

Em 2016, Zhang foi convocado para disputar sua segunda Olimpíada, nos Jogos do Rio Janeiro. Ao lado de Deng Shudi, Lin Chaopan, Liu Yang e You Hao conquistou a medalha de bronze por equipes, atrás de japoneses e russos.[17]

Referências

  1. «Zhang Chenglong» (em inglês). Sports-Reference. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  2. «ZHANG Chenglong (CHN) – Biography» (em inglês). FIG. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  3. «42nd ARTISTIC GYMNASTICS WORLD CHAMPIONSHIPS Rotterdam (NED) – MEN'S TEAM FINAL» (PDF) (em inglês). gymnasticsresults.com. 21 de outubro de 2010. Consultado em 19 de novembro de 2018. Arquivado do original (PDF) em 10 de setembro de 2016 
  4. «42nd ARTISTIC GYMNASTICS WORLD CHAMPIONSHIPS Rotterdam (NED) – RESULTS MEN'S QUALIFICATION» (PDF) (em inglês). gymnasticsresults.com. 18 de outubro de 2010. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  5. «Horizontal Bar Final Men - 2010 Artistic Gymnastics World Championships» (em inglês). gymnasticsresults.com. 24 de outubro de 2010. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  6. «Zhang Chenglong wins gold in Men's Horizontal bar» (em inglês). newsgd.com. 17 de novembro de 2010. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  7. «China's gymnasts lead the way on Asian Games first day» (em inglês). CNN. 13 de novembro de 2010. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  8. «43rd ARTISTIC GYMNASTICS WORLD CHAMPIONSHIPS Tokyo (JPN) – MEN'S TEAM FINAL» (PDF) (em inglês). gymnasticsresults.com. 12 de outubro de 2011. Consultado em 19 de novembro de 2018. Arquivado do original (PDF) em 5 de julho de 2016 
  9. «43rd ARTISTIC GYMNASTICS WORLD CHAMPIONSHIPS Tokyo (JPN) – MEN'S PARALLEL BARS FINAL» (PDF) (em inglês). gymnasticsresults.com. 16 de outubro de 2011. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  10. «43rd ARTISTIC GYMNASTICS WORLD CHAMPIONSHIPS Tokyo (JPN) – MEN'S HORIZONTAL BAR FINAL» (PDF) (em inglês). gymnasticsresults.com. 16 de outubro de 2011. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  11. «Japan takes silver medal again as China wins men's gymnastics team gold» (em inglês). Japan Times. 31 de julho de 2012. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  12. «London 2012 – Gymnastics Artistic – Men's Parallel Bars» (PDF) (em inglês). gymnasticsresults.com. 7 de agosto de 2012. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  13. «London 2012 – Gymnastics Artistic – Final - Horizontal Bar» (PDF) (em inglês). gymnasticsresults.com. 7 de agosto de 2012. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  14. «China edges Japan to win men' s team final at gymnastics worlds» (em inglês). China Daily. 8 de outubro de 2014. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  15. «45th ARTISTIC GYMNASTICS WORLD CHAMPIONSHIPS in Nanning (CHN) – Men's Apparatus Final» (PDF) (em inglês). gymnasticsresults.com. 12 de outubro de 2014. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  16. «Uchimura's wait for team title ends» (em inglês). Reuters. 28 de outubro de 2015. Consultado em 19 de novembro de 2018 
  17. «Japão leva ouro na ginástica por equipe; Brasil faz 1ª final». Terra. 8 de agosto de 2016. Consultado em 19 de novembro de 2018 

Ligações externasEditar