Abrir menu principal
Zhang Yuzhe
Nascimento 16 de fevereiro de 1902
Morte 21 de julho de 1986 (84 anos)
Nanquim
Sepultamento Nanquim
Cidadania República Popular da China
Alma mater Universidade Tsinghua, Universidade de Chicago
Ocupação astrônomo
Empregador Universidade de Nanquim, Universidade Nacional Central
Magnum opus descobridor de asteroides

Zhang Yuzhe ou Yu-che Chang (chinês tradicional: 張鈺哲, chinês simplificado: 张钰哲, pinyin: Zhāng YùzhéWade-Giles: Chang Yu-che) (16 de fevereiro de 190221 de julho de 1986) foi um astrônomo chinês que é amplamente considerado como o pai da astronomia moderna chinesa.[1]

BiografiaEditar

Asteroides descobertos: 1
3789 Zhongguo 25 de outubro de 1928 como "Y. C. Chang"
Nota: Originalmente chamado de 1125 China, mas esse nome foi transferido para outro asteroide.

Ele nasceu em Minhou, província de Fujian. Em 1919, ele entrou para a Universidade Tsinghua e se formou em 1923. Naquele mesmo ano, ele foi para os Estados Unidos e, em 1925, entrou na Universidade de Chicago e obteve seu Ph.D. em 1929. Naquele mesmo ano, ele retornou à China e assumiu um cargo de professor na Universidade Nacional Central.

Enquanto estudava em Chicago, em 1928, descobriu um asteroide, ao qual foi dada a designação provisória 1928 UF e mais tarde recebeu o número 1125. Ele o chamou de "China" ou "中華" (Zhōnghuá). No entanto, este asteroide foi "perdido", ou seja, não foi observado para além da sua aparência inicial e uma órbita precisa não pôde ser calculada (ver asteroide perdido). Em 1957 o Observatório da Montanha Púrpura na China descobriu um novo asteroide, e com o seu acordo, o novo objeto o 1957 UN1 recebeu a designação oficial de 1125 China no lugar do asteroide perdido 1928 UF. No entanto, em 1986, o recém-descoberto objeto 1986 QK1 foi identificado como uma redescoberta do original 1928 UF, e este objeto foi nomeado 3789 Zhongguo. Nota "中国" (Zhōngguó) é a palavra "China" em chinês mandarim, traduzido do pinyin, Zhōnghuá é a mais velha palavra para "China".

De 1941 a 1950 foi diretor do instituto de pesquisa astronômica na Universidade Nacional Central. De 1946 a 1948 esteve mais uma vez nos Estados Unidos para estudar estrelas variáveis​. De 1950 a 1984 foi diretor do Observatório da Montanha Púrpura, e, de 1955 em diante, foi um membro da Academia Chinesa de Ciências.

Dedicou-se à observação e cálculo das órbitas dos corpos menores e cometas. Muitos asteroides foram descobertos no Observatório da Montanha Púrpura, bem como três novos cometas: dois periódica, 60P/Tsuchinshan (Tsuchinshan 2) e 62P/Tsuchinshan (Tsuchinshan 1), e um não-periódico, C/1977 V1. Tsuchinshan é a transliteração Wade-Giles correspondente ao pinyin Zĭjīn Shān, que é a palavra em chinês mandarim para "Montanha Púrpura".

Estudou as curvas de luz dos asteroides, assim como, suas rotações, e também estudou a estrela variável CZ Cassiopeiae, e a evolução da órbita do cometa Halley.

Zhang Yuzhe é creditado pelo Minor Planet Center como descobridor do 3789 Zhongguo sob o nome "YC Chang". O asteroide 2051 Chang foi nomeado em sua homenagem. A cratera lunar Zhang Yuzhe também foi nomeado em sua homenagem.

Referências

  1. «SAO/NASA ADS Astronomy Abstract Service» (em inglês). Consultado em 7 de janeiro de 2015