Étienne Lamotte

Étienne Paul Marie Lamotte (Dinant, 21 de novembro de 1903Bruxelas, 5 de maio de 1983) foi um sacerdote católico belga e professor de grego na Universidade Católica de Lovaina, porém era mais conhecido como indólogo, considerado a maior autoridade do Ocidente em budismo, na sua época. Foi um dos poucos estudiosos familiarizados com todas as principais línguas do budismo: páli, sânscrito, chinês e tibetano. Em 1953, recebeu o Prêmio Francqui de Ciências Humanas.

Étienne Lamotte
Nascimento 21 de novembro de 1903
Dinant
Morte 5 de maio de 1983 (79 anos)
Bruxelas
Cidadania Bélgica
Ocupação linguista, professor(a) universitário(a), padre, tradutor
Prêmios
Religião catolicismo

Também ficou conhecido pelas suas traduções francesas do Da zhi du lun(大智度論, Sânsc.: Mahāprajñāpāramitāśāstra), um texto atribuído à Nagarjuna. Lamotte acreditava que, muito provavelmente, esse texto tivesse sido composto por um bhikkhu indiano da tradição Sarvastivada, a qual mais tarde se converteu ao movimento Mahāyāna. A tradução de Lamotte foi publicada em cinco volumes mas, após sua morte, permaneceu incompleta.

Além do Da zhi du lun, Lamotte também compôs várias outras importantes traduções de sutras, incluindo o Surangama-samadhi sutra e o Sutra de Vimalakirti.

PublicaçõesEditar

  • Le traité de la grande vertu de sagesse de Nāgārjuna (Mahāprajñāpāramitāśāstra) vol. 1 (1944)
  • Le traité de la grande vertu de sagesse de Nāgārjuna (Mahāprajñāpāramitāśāstra) vol. 2 (1949)
  • Histoire du bouddhisme indien (1958)
  • The Spirit of Ancient Buddhism (1961)
  • The Teaching of Vimalakirti (Vimalakīrtinirdeśa) (1962) (Pali Text Soc. trans. 1986)
  • Le traité de la grande vertu de sagesse de Nāgārjuna (Mahāprajñāpāramitāśāstra) vol. 3 (1970)
  • Le traité de la grande vertu de sagesse de Nāgārjuna (Mahāprajñāpāramitāśāstra) vol. 4 (1976)
  • Le traité de la grande vertu de sagesse de Nāgārjuna (Mahāprajñāpāramitāśāstra) vol. 5 (1980)
  • Karmasiddhi Prakarana

Referências

  • Bechert H, "In Memoriam Etienne Lamotte (1903-1983)", Numen, Vol. 32, No. 1 (Jul., 1985), pp. 119–129