Abrir menu principal

Óleos amazônicos

categoria de um projeto da Wikimedia
(Redirecionado de Óleos da Amazônia)

Os óleos e resinas amazônicos têm origem exclusivamente de sistemas extrativistas, ao contrário dos outros óleos vegetais mundialmente comercializados, que são domesticados e na sua grande maioria tratados como culturas agrícolas em sistemas de monoculturas e uso intensivo de adubos minerais e agrotóxicos. As dificuldades de novas zonas de cultivos agrícolas na Europa fazem com que os seus centros de pesquisas invistam pesado no estudo do melhor aproveitamento de suas culturas oleaginosas. Nessas culturas os espécimes possuem mais tempo no mercado, por isso são mais conhecidos mundialmente e suas aplicabilidades mais estudadas do que as dos amazônicos.[1]

As peculiaridades dos óleos e resinas amazônicos são destacadas na tabela abaixo:

Óleos e resinas amazônicos Principais características
Açaí Alta concentração de antioxidante, 33 vezes mais do que a uva; rico em ácidos graxos essenciais.
Andiroba Contém limonoides (andirobina) e terprnos (meliacinas), ação de repelente, fungicida e bactericida.
Bacuri Bioativo tripalmitina ( 50 a 55%); contém ácido graxo palmitoleico ( 5% ).
Buriti Contém ácido graxo oleico ( 70% ), betacaroteno (118/mg/100gr de óleo), 20 vezes mais que a cenoura.

Outros óleos e manteigas vegetais da AmazôniaEditar

BibliografiaEditar

[2]

Referências

  1. Morais, Luiz Roberto Barbosa & Gutjahr, Ekkhard. Química de oleaginosas: valorização da biodiversidade amazônica. Deutsch Gesellsschaft für Internationale Zusammenarbeit, 2011.
  2. Morais, Luiz Roberto Barbosa & Gutjahr, Ekkhard. Química de oleaginosas: valorização da biodiversidade amazônica. Deutsch Gesellsschaft für Internationale Zusammenarbeit, 2011.