Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Buriti (desambiguação).
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBuriti
Mauritia flexuosa na Ilha de Marajó, no Pará, no Brasil
Mauritia flexuosa na Ilha de Marajó, no Pará, no Brasil
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Arecales
Família: Arecaceae
Género: Mauritia
Espécie: M. flexuosa
Nome binomial
Mauritia flexuosa
Mart.
Frutos de Mauritia flexuosa - MHNT

O termo buriti é a designação comum das plantas dos gêneros Mauritia, Mauritiella, Trithrinax e Astrocaryum, da família das arecáceas (antigas palmáceas). Mais especificamente, o termo costuma se referir a Mauritia flexuosa (Mauritia vinifera Mart.), uma palmeira muito alta, nativa de Trinidad e Tobago e das Regiões Central e Norte da América do Sul, especialmente de Venezuela e Brasil. Neste país, predomina nos estados do Acre, Amapá, Roraima, Rondônia, Amazonas, Pará, Maranhão e Piauí, mas também encontra-se nos estados do Ceará, Bahia, Goiás, Tocantins, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e no Distrito Federal. É também conhecida como coqueiro-buriti, buritizeiro, miriti, muriti, muritim, muruti, palmeira-dos-brejos, carandá-guaçu e carandaí-guaçu.[1]

Palmeira de buriti na zona rural de Governador Edison Lobão, Maranhão, Brasil

Índice

EtimologiaEditar

"Buriti", "miriti", "muriti", "muritim" e "muruti" provêm do tupi mburi'ti[2]. "Carandá" provém do tupi karã'dá[3].

UtilizaçãoEditar

 
Doce de buriti vendido em caixas
 
Carrinho tampa Karajá

Seu fruto, além de rico em vitamina A, B e C, ainda fornece cálcio, ferro e proteínas. Consumido tradicionalmente ao natural, o fruto do buriti também pode ser transformado em doces, sucos, picolé, licor, vinho, sobremesas de paladar peculiar e ração de animais. O óleo extraído da fruta é rico em caroteno e tem valor medicinal para os povos tradicionais do Cerrado que o utilizam como vermífugo, cicatrizante e energético natural. Também é utilizado para amaciar e envernizar couro, dar* cor, aroma e qualidade a diversos produtos de beleza, como cremes, xampus, filtro solar e sabonetes.

BioindicadorEditar

O buriti também é um bioindicador de dois tipos de fitofisionomias que se chamam veredas e buritizal.

Óleo do fruto de buritiEditar

O óleo vegetal de buriti tem a propriedade de manter a pele revitalizada através das suas propriedades energizadora e emoliente. Além disso, o óleo de buriti possui um eficiente filtro solar que diminui o ressecamento da pele e também possui propriedades que proporcionam elasticidade para a pele e combate o envelhecimento.[4] É um bom agente que proporciona hidratação capilar e proteção contra os raios solares para cabelos danificados por este. Atua como um bom produto para cabelos ressecados e quebradiços.[5]]

 
Óleo virgem de buriti

Caracteristica fisico-quimica do óleo do fruto do buriti

Dados físico-químicos do óleo de Buriti
Indice Unidades Valores de referencia
Índices de refração (40 ºC) - 1,455 - 1,475
Índice de Iodo gl2 50 - 75
Índice de Saponificação mg KOH\g 180 - 200
Densidade (20 ºC ) gr\ltr 0,9 - 0,95.
Ponto de fusão ºC 25 - 28

Composição dos acidos-graxos do óleo do fruto de buriti[6]

Ácidos graxos Unidade Composição
Ácido palmítico % peso 17 - 19
Ácido esteárico %peso 1,5 - 6,0
Ácido oleico % peso 55 - 75
Ácido linoleico % peso 10 - 15
Ácido linolênico % peso < 2
Saturado % 22
Insaturado % 78

Outros usosEditar

O buriti fornece, ainda, palmito saboroso, fécula, seiva e madeira. As folhas jovens produzem uma fibra muito fina, a "seda" do buriti, usada pelos artesãos na fabricação de peças de capim-dourado. Na região dos Lençóis Maranhenses nos municípios de Barreirinhas e Paulino Neves o artesanato feito por mulheres em vários povoados. A folha jovem conhecida como "olho do buriti" quando beneficiado chamado de linho. Sua fibra é transformada no artesanato de bolsas, tapetes, toalhas de mesa, brinquedos, bijuterias, redes, cobertura de teto,cordas etc. O talo das folhas se presta ainda à fabricação de móveis, que se destacam pela leveza e durabilidade. O caule e as flores são utilizadas na fabricação do vinho de buriti. [7]. Além disso, a seiva da palmeira de buriti é açucarada sendo possível extrair sacarose cristalizada.[8]

Importância ecológicaEditar

O buriti é de grande importância na manutenção de olhos d'água. Em locais em que olhos d'água estão secando, recomenda-se o plantio de buritis, além do de ingazeiros e sangra-d'águas, entre outras árvores, para recuperá-los.

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p.294.
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.294
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.348
  4. ÓLEO BURITI . Amazon Oil Industry. http://www.amazonoil.com.br/produtos/oleos/buriti.htm
  5. Os 8 Benefícios do Buriti Para Saúde. [http://www.saudedica.com.br/os-8-beneficios-do-buriti-para-saude/
  6. Vanessa Fernandes de Araújo, Andrea Camila Petry, Rosângela Martinez Echeverria, Eric Costa Fernandes e Floriano Pastore Jr. Plantas da Amazônia para Produção Cosmética, 2007. http://www.itto.int/files/itto_project_db_input/2202/Technical/2.2%20Plantas%20da%20Amaz%C3%B4nia%20para%20produ%C3%A7%C3%A3o%20cosm%C3%A9tica.pdf
  7. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p.294.
  8. Oleaginosas da Amazônia. PESCE, Celestino

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Buriti
O Wikispecies tem informações sobre: Buriti
  Este artigo sobre palmeiras (família Arecaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.