Abrir menu principal

FaixasEditar

Todas as letras escritas por Alex Turner, exceto onde citado, todas as músicas compostas por Arctic Monkeys.

N.º TítuloLetra Duração
1. "Do I Wanna Know?"    4:32
2. "R U Mine?"  Turner, Nick O'Malley 3:20
3. "One for the Road"    3:26
4. "Arabella"    3:27
5. "I Want It All"    3:04
6. "No.1 Party Anthem"    4:03
7. "Mad Sounds"  Turner, Alan Smyth 3:35
8. "Fireside"    3:01
9. "Why'd You Only Call Me When You're High?"    2:42
10. "Snap Out of It"    3:12
11. "Knee Socks"    4:17
12. "I Wanna Be Yours"  John Cooper Clarke 3:04
Duração total:
41:43

RecepçãoEditar

ComercialEditar

Lançado no começo de setembro de 2013, o álbum estreou em primeiro lugar nas paradas de sucesso do Reino Unido, vendendo 157 mil cópias em sua primeira semana. Este foi o quinto disco do Arctic Monkeys a ocupar o primeiro lugar dos mais vendidos na Inglaterra.[4] O AM também estreou em sexto lugar nas paradas dos Estados Unidos, com mais de 42 mil unidades comercializadas naquele país em sua primeira semana de vendas.[5]

CríticaEditar

O AM foi muito bem recebido pela crítica especializada. O site Metacritic, que dá notas de 0 a 100 baseado em diversas resenhas, o álbum recebeu uma nota 81, baseado em 36 analises críticas.[6] Simon Harper, da revista Clash, "com inspirações de hip-hop com rock de titãs, este disco é construido sobre batidas portentosas que são obscuras e intimidadoras, ainda impiamente emocionante". Uma publicação na Time Out afirmou que "uma das melhores bandas britânicas atuais acabou de ficar melhor com um novo jeito, inesperado mas bem vindo. Homens solteiros, eu lhes peço: deixem de lado a FHM e peguem o AM".[7] A revista NME afirmou que este álbum é "absolutamente o melhor álbum de sua carreira".[8] Tim Jonze, do jornal The Guardian, afirmou que o disco "consegue se conectar com as diferentes direções – os riffs musculares de Humbug e o audoso pop de Suck It and See – com a energia eriçada e senso de diversão que impulsionou seus primeiros trabalhos".[9] Já Ryan Dombal, da Pitchfork Media, afirmou que o AM é "paranóico e assombrado."[10]

TabelasEditar

PessoalEditar

Arctic Monkeys
Adicional

Referências

  1. a b c "Arctic Monkeys release their fifth album, entitled 'AM', on Monday 9th September 2013" Arquivado em 28 de junho de 2013, no Wayback Machine.. Página acessada em 24 de junho de 2013.
  2. «The full story of Arctic Monkeys new album 'AM'». NME. Consultado em 31 de julho de 2013 
  3. Arctic Monkeys announce new album 'AM'. Página acessada em 24 de junho de 2013.
  4. Lane, Daniel. «Arctic Monkeys' AM takes on Daft Punk's Random Access Memories for the title of fastest selling album of 2013!». Official Charts Company. Consultado em 11 de setembro de 2013 
  5. a b «Keith Urban Edges the Weeknd for No. 1 Debut on Billboard 200». Billboard. Consultado em 18 de setembro de 2013 
  6. «AM Reviews». Metacritic. Consultado em 9 de setembro de 2013 
  7. Keens, Oliver (4 de setembro de 2013). «Arctic Monkeys – 'AM' album review». Time Out. Consultado em 19 de setembro de 2013 
  8. Williams, Mike. «Arctic Monkeys - AM». NME. Consultado em 6 de setembro de 2013 
  9. Jonze, Tim (5 de setembro de 2013). «Arctic Monkeys: AM – review». The Guardian. Consultado em 5 de setembro de 2013 
  10. Dombal, Ryan (11 de setembro de 2013). «Arctic Monkeys - AM - Album Review - Pitchfork». Pitchfork Media. Consultado em 19 de setembro de 2013 
  11. Arctic Monkeys - AM (em alemão). Charts.de. Media Control. Consultado em 17 September 2013.
  12. Arctic Monkeys – AM (em inglês). Australiancharts.com. Hung Medien.
  13. Arctic Monkeys – AM (em holandês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em 13 September 2013.
  14. Arctic Monkeys – AM (em francês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em 13 September 2013.
  15. Artic Monkeys – AM (em inglês). Spanishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 18 September 2013.
  16. Arctic Monkeys – Am (em inglês). Finnishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 16 September 2013.
  17. Arctic Monkeys – AM (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em 13 September 2013.
  18. «Top 100 Artist Album, Week Ending 12 September 2013». Chart-Track. GfK. Consultado em 13 de setembro de 2013 
  19. «「AM」 アークティック・モンキーズ│オリコン芸能人事典-ORICON STYLE» (em Japanese). Consultado em 13 de setembro de 2013 
  20. Arctic Monkeys – AM (em inglês). Charts.org.nz. Hung Medien. Consultado em 17 September 2013.
  21. «ARCTIC MONKEYS - AM (ALBUM)». PortugueseCharts.com. Consultado em 19 de setembro de 2013 
  22. Arctic Monkeys – AM (em inglês). Swisscharts.com. Hung Medien. Consultado em 13 September 2013.
  23. 2013-09-21 Top 40 Official UK Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em 15 September 2013.
  24. 2013-09-21 Top 40 Independent Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em 15 September 2013.
  25. «ARIA Australian Top 50 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 23 de março de 2014 
  26. «Top AFP - Semana 37 de 2013». Associação Fonográfica Portuguesa. Consultado em 21 de outubro de 2013 
  27. «NZ Top 40 Albums Chart». Recorded Music NZ. Consultado em 21 de outubro de 2013 
  28. "American certifications – Arctic Monkeys". Página acessada em 14 de maio de 2018.
  29. «British album certifications – Arctic Monkeys – AM». British Phonographic Industry. Consultado em 15 de setembro de 2013