AUKUS (acrônimo do Inglês Australia, United Kingdom, United States) é uma aliança militar tripartida formada pela Austrália, os EUA e o Reino Unido. Tornado público em 15 de setembro de 2021, visa combater o expansionismo chinês no Indo-Pacífico.[1] Esta aliança sucede ANZUS, enquanto exclui a Nova Zelândia, que recusa o acesso de navios nucleares às suas águas[2][3][4] sob uma política de zona livre de armas nucleares implementada em 1984.[5][6]

Austrália, Reino Unido e Estados Unidos em azul no mapa mundial

DescriçãoEditar

Essa é a maior parceria no setor de defesa em décadas para esses países, que têm demonstrado preocupações nos últimos anos com a crescente presença militar da China na região do Indo-Pacífico (que inclui os oceanos Índico e Pacífico).

O pacto militar, conhecido como Aukus, permitirá que a Austrália construa submarinos de propulsão nuclear pela primeira vez, a partir de tecnologia americana.

Os críticos australianos do acordo lembram que a Austrália assinou acordos com o Japão, depois com a França, depois com os Estados Unidos (em setembro de 2021) e possivelmente com o Reino Unido. O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, rejeitou as críticas de que os fundos do contribuinte foram desperdiçados no programa francês, chamando-o de "investimento". Custo e prazo antes que os submarinos nucleares da Austrália possam navegar para o mar ainda precisam ser determinados; Morrisson espera que o primeiro submarino possa "ser entregue antes do final da próxima década". Na esteira do acordo, indica aumento dos gastos militares do país, que representam 2,1% do PIB em 2021, sem indicar a extensão destes no futuro.[7]

Ver tambémEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Notícias no Wikinotícias
  Base de dados no Wikidata

Referências

  1. «Pact with U.S., Britain, will see Australia scrap French sub deal-media». Reuters (em inglês). 16 de setembro de 2021. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  2. «New Australia, United Kingdom, United States defence pact 'sidelines New Zealand', focus on nuclear capabilities». Newshub (em inglês). 15 de setembro de 2021. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  3. «New Zealand is missing from AUKUS». Australian Financial Review (em inglês). 15 de setembro de 2021. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  4. «Aukus submarines banned from New Zealand as pact exposes divide with western allies». The Guardian (em inglês). 16 de setembro de 2021 
  5. Praveen Menon (16 de setembro de 2021). «Not in our waters: Ardern says no to visits from Australia's new nuclear subs». The Age (em inglês) 
  6. «Aukus: o que é o pacto militar anunciado por EUA, Reino Unido e Austrália para conter a China». G1. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  7. Courtney Gould (16 de setembro de 2021). «Eye-watering cost of submarine program revealed as Scott Morrison signals increased defence spend». The Daily Telegraph (Australia) (em inglês) 

Ligações externasEditar