Abrir menu principal

A Danada Sou Eu

Álbum de Ludmilla
A Danada Sou Eu
Álbum de estúdio de Ludmilla
Lançamento 21 de outubro de 2016
Gravação 2015-16
Gênero(s)
Duração 47:36
Idioma(s) Português
Formato(s)
Gravadora(s) Warner Music
Produção
  • Jefferson Junior (exec.)
  • Umberto Tavares
  • Mãozinha
Cronologia de Ludmilla
Hoje
(2014)
Hello Mundo
(2019)
Singles de A Danada Sou Eu
  1. "Bom"
    Lançamento: 17 de junho de 2016
  2. "Sou Eu"
    Lançamento: 28 de outubro de 2016[1]
  3. "Cheguei"
    Lançamento: 17 de março de 2017
  4. "Tipo Crazy"
    Lançamento: 11 de outubro de 2017

A Danada Sou Eu é o segundo álbum de estúdio da cantora brasileira Ludmilla, lançado em 21 de outubro de 2016 pela Warner Music Brasil.[2][3]

O álbum foi indicado ao Grammy Latino 2017 na categoria Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa.[4]

AntecedentesEditar

Ludmilla contou em entrevista ao UOL que o nome do álbum foi uma sugestão dela levada diretamente ao presidente de sua gravadora, Warner Music Brasil. "Sentamos com o presidente para escolher o nome do novo álbum e eu falei: 'Quero que seja 'A Danada Sou Eu'. Ele ficou todo bobo, pois eu nunca vou lá e escolho assim. Agora estou muito envolvida, estou adorando participar de tudo".[5] Durante uma coletiva de imprensa concedida na sede do Twitter em São Paulo, ela comentou sobre o título do disco, explicando que "pra mim, ser danada é ser autêntica, fazer o que tem vontade, e ir atrás do que quer".[6]

Ludmilla falou sobre a temática das músicas de A Danada Sou Eu: "As minhas letras são para as pessoas, não só as mulheres, se sentirem melhor. Não tenho nada de empoderamento disso ou daquilo. Faço músicas para entretenimento, para as pessoas se sentirem felizes. Não está dando certo um relacionamento, vai no desapego. Gosto dessa linha 'pego e não me apego', mas às vezes a gente comete alguns deslizes".[7] A cantora completou que se inspirou em situações que acontecem ao seu redor para o disco. "Tem uma música que eu não consegui botar nesse disco, mas vai aparecer por aí. É sobre dois bailarinos meus que namoram e que ficam brigando. Ele aparece com mulher, ela chora. Aí eu vou lá e levo ela para a balada. É um vuco-vuco. A música ficou muito maneira. Se chama 'Sem Vergonha'".[5] O álbum conta com participações de Filipe Ret, Jeremih e Gusttavo Lima. Sobre Gusttavo, Ludmilla comentou que ele "é um querido, amei cantar com ele, um cantor excelente e muito profissional, só acrescentou musicalmente", destacou a artista, que não descartou se aventurar no sertanejo: "Ainda não tinha pensado sobre isso, mas seria ótimo, sou bem eclética e super toparia".[8]

PromoçãoEditar

Ludmilla começou a promoção do disco cantando "Bom" no programa da Rede Record, Legendários em 16 de julho de 2016.[9] Em 26 de julho, Ludmilla foi ao Encontro com Fátima Bernardes da Rede Globo e cantou novamente "Bom".[10] Ela também foi ao Programa Xuxa Meneghel e repetiu a performance da música.[11] Em 3 de setembro, a cantora foi ao Programa da Sabrina e cantou novamente "Bom".[12] Ela então retornou ao Encontro para cantar "Bom", "Sou Eu" e o single anterior "24 Horas por Dia" em 18 de outubro.[13] No dia seguinte a cantora cantou algumas faixas do álbum durante uma coletiva de imprensa em São Paulo.[6] Ludmilla também foi confirmada como participação musical dos Meus Prêmios Nick de 2016 que ocorreu em 20 de outubro em São Paulo.[14] Ela também se apresentou com "Bom" na 23ª edição do Prêmio Multishow em 25 de outubro.[15] Ludmilla cantou "Bom" e "Sou Eu" durante a final do X Factor Brasil da Rede Bandeirantes, que ocorreu em 23 de novembro.[16] Em 21 de dezembro, a cantora retornou ao Encontro com Fátima Bernardes e enquanto cantava "Sou Eu", a apresentadora fez parte do grupo de bailarinos da cantora, tornando-se viral na internet.[17] Ludmilla participou do Caldeirão de Ouro exibido em 7 de janeiro, onde os artistas cantam suas músicas mais tocadas nas rádios durante o ano; a cantora cantou "Bom" que ocupou a 10° posição.[18]

Além das apresentações ao vivo, um website foi colocado no ar para divulgar o álbum. Intitulado "LUDiretas", ele dava a oportunidade do internauta mandar recado para pessoas através das letras do álbum em redes sociais em nome da cantora.[19] Um perfil dela também foi criado para promover o álbum no aplicativo de relacionamentos Tinder. Quem curtisse o perfil receberia uma mensagem anunciando o lançamento do álbum no Spotify. No perfil de Ludmilla estava disponível também um trecho de uma das músicas do disco. A estratégia também já havia sido usada por outros artistas anteriormente.[20]

Lista de faixasEditar

Todas as faixas produzidas por Umberto Tavares e Mãozinha.

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Cheguei"  
  • André Vieira
  • Wallace Vianna
2:54
2. "Bom"  
  • Jefferson Junior
  • Umberto Tavares
2:52
3. "Sou Eu"  
  • Ludmilla
  • Jefferson Junior
  • Umberto Tavares
  • Mãozinha
2:38
4. "Desapega"  
  • Jefferson Junior
  • Umberto Tavares
2:15
5. "Tipo Crazy" (feat. Jeremih)
  • Jeremih
  • Jefferson Junior
  • Umberto Tavares
3:11
6. "Tá Tudo Errado"  Ludmilla 2:59
7. "Modo Avião"  
  • Jefferson Junior
  • Umberto Tavares
3:08
8. "Abusa"  
  • Jefferson Junior
  • Umberto Tavares
2:26
9. "Espelho"  
  • Jefferson Junior
  • Umberto Tavares
  • Toninho Aguiar
2:55
10. "Homem é Homem" (com Gusttavo Lima)
  • Jefferson Junior
  • Umberto Tavares
  • Romeu R3
3:21
11. "Pegada"  
  • Saulo Poncio
  • Luan Otten
  • Jonathan Couto
3:34
12. "Abstinência" (com Filipe Ret) 3:26
13. "Nunca Me Verá Chorar"  Ludmilla 3:44
14. "Caça e Caçador"  Ludmilla 2:26
15. "Tô Querendo Mais"  
  • Romeu R3
  • Umberto Tavares
  • Jefferson Junior
3:17
16. "Duas Doses de Saudade"  Ludmilla 2:22

Desempenho nas tabelas musicaisEditar

Tabela Musical (2016) Melhor
posição
Brasil (ABPD Top Álbuns) 1

Referências

  1. «Ludmilla está muito danada na festinha do clipe de "Sou Eu"». Papel Pop. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  2. «Ludmilla aparece sexy em capa de CD e divulga tracklist do álbum "A Danada Sou Eu"!» 
  3. «Ludmilla lança o álbum 'A danada sou eu'; ouça». Uai. 21 de outubro de 2016. Consultado em 31 de dezembro de 2016 
  4. Ceccarini, Viola Manuela (20 de novembro de 2017). «The 18th Latin GRAMMY Awards in Las Vegas». Livein Style. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  5. a b «Danada em novo disco, Ludmilla admite: "Vivia em um mundinho limitado"» 
  6. a b http://portalpopline.virgula.uol.com.br/ludmilla-canta-sou-eu-em-evento-de-lancamento-de-album-novo-veja-o-video/[ligação inativa]
  7. «Ludmilla lança 'A danada sou eu', seu segundo álbum». 21 de outubro de 2016 
  8. «Ludmilla celebra música com Gusttavo Lima em novo CD: 'Acrescentou musicalmente'» 
  9. «Cópia arquivada». Consultado em 19 de outubro de 2016. Arquivado do original em 25 de agosto de 2016 
  10. «Encontro com Fátima Bernardes - Ludmilla canta 'Bom' - Globo Play» 
  11. «Relaxa que a noite promete! Ludmilla canta Bom no palco da Xuxa - Entretenimento - R7 Xuxa». entretenimento.r7.com 
  12. «Ludmilla arrasa cantando seu novo sucesso no Programa da Sabrina - Entretenimento - R7 Programa da Sabrina». entretenimento.r7.com 
  13. «Ludmilla, Sérgio Malheiros e Maria Joana participam do 'Encontro' - Encontro com Fátima Bernardes - gshow». gshow 
  14. OFuxico. «Ludmilla vai se apresentar em Meus Prêmios Nick 2016» 
  15. «Ludmilla lacra no figurino e apresenta o hit "Bom" no Prêmio Multishow 2016 - Prêmio Multishow 2016 - Especiais - MULTISHOW» 
  16. «Final do X Factor Brasil tem show de grandes nomes da música como Tiago Iorc, Ludmilla e prêmio de gravadora;veja resumo completo do programa». 25 de novembro de 2016 
  17. «Fátima Bernardes aprende coreografia de 'Sou Eu', novo hit da Ludmilla; veja vídeo da dança» 
  18. «'Caldeirão de Ouro': artistas cantam 10 sucessos de 2016» 
  19. «Cópia arquivada». Consultado em 21 de outubro de 2016. Arquivado do original em 22 de outubro de 2016 
  20. «Ludmilla entra no Tinder para divulgar novo álbum». Caras. 26 de outubro de 2016. Consultado em 29 de outubro de 2016