Abrir menu principal

Wikipédia β

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Wild Hare
 Estados Unidos
1940 •  Technicolor •  8:15 min 
Direção Tex Avery
Produção Leon Schlesinger
Gênero animação, comédia
Música Carl Stalling
Companhia(s) produtora(s) Leon Schlesinger Productions
Distribuição Warner Bros. Pictures
The Vitaphone Corporation
Lançamento 24 de julho de 1940
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

A Wild Hare (relançado como The Wild Hare) trata-se do primeiro episódio oficial em que o personagem Pernalonga aparece, apesar de ter feito pontas em Porky's Hare Hunt, Prest-o Change-O, Hare-um Scare-um e Elmer's Candid Camera. Chegou às telas de cinema em 27 de julho de 1940.

Sucedido por Elmer's Pet Rabbit.

SinopseEditar

Hortelino está caçando coelhos na floresta quando se dá conta de que acha uma toca de coelhos. Feliz, deixa uma cenoura para capturar o coelho, que não cai no truque e vai pegando as cenouras apenas esticando a mão, sem precisar sair da toca.

Furioso, Hortelino aponta o gatilho para dentro da toca, mas o coelho segura a arma, criando um "cabo-de-guerra" bizarro. O coelho larga a arma, mas esta mesma tem um nó no cabo.

Hortelino decide cavar um buraco, quando Pernalonga sai do buraco e lhe questiona o que está caçando. Demoradamente, Hortelino reconhece que Pernalonga é o coelho, e este mesmo confirma. Aí, começa a famosa perseguição (que duraria mais de 30 cartoons).

Pernalonga se esconde na toca e Hortelino cria uma armadilha para capturá-lo. O coelho é "pego" pela armadilha, mas na verdade é um gambá que foi apanhado por Hortelino.

Hortelino aponta sua arma à Pernalonga, dá um tiro nele e ele "morre". Hortelino se arrepende e se entristece. Mas eis que Pernalonga se levanta (sem que Hortelino perceba) e lhe dá um chute no traseiro e lhe põe um charuto na boca.

Hortelino, contrariado, sai da floresta dizendo: "Coelhos, coelhos, almas, cenoulas, cenoulas, coelhos!". Pernalonga nota e diz ao público : "Dá pra imaginar alguêm assim? Sabem? Acho que esse cara é piradinho!". E o coelho volta para a toca tocando uma marchinha com sua cenoura (usada com flauta).

ElencoEditar

Voz original Personagem
Mel Blanc Pernalonga
Arthur Q. Bryan Hortelino Troca-Letras


  Este artigo sobre animação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.