Abrir menu principal
Acção Socialista Portuguesa
Líder Mário Soares
Fundação 1964
Dissolução 1973
Sede Genebra, Suíça
Ideologia Socialismo
Socialismo democrático
Marxismo
Republicanismo
Espectro político Esquerda
Publicação Portugal Socialista
Sucessor Partido Socialista
Afiliação internacional Internacional Socialista
Cores Vermelho
Disambig grey.svg Nota: Se procura outro significado de ASP, veja ASP (desambiguação).

A Acção Socialista Portuguesa (ASP) (1964 - 1973) foi uma organização política portuguesa fundada em Genebra por Mário Soares, Manuel Tito de Morais e Francisco Ramos da Costa, em novembro de 1964[1].

Representando um novo esforço de estruturação do movimento socialista, o certo é que não logrou estabelecer as bases de implantação a que aspirava, conciliando dificilmente os instrumentos de luta na clandestinidade com as poucas possibilidades de intervenção legal permitidas pelo regime salazarista.

A ASP iniciou a publicação do Portugal Socialista em Maio de 1967, estabelecendo também numerosos contactos com partidos e organizações internacionais, sendo formalmente admitida na Internacional Socialista, em 1972.

Foi o embrião do Partido Socialista português.

Referências

WeblinksEditar