Abrir menu principal

Adolfo (São Paulo)

município brasileiro do estado de São Paulo

Adolfo é um município brasileiro do estado de São Paulo, com uma população de 3.557 habitantes (IBGE//2010).[3] Foi fundado em 1959 e Adolfo Moreira Filho foi seu primeiro prefeito eleito em 4 de outubro de 1959.[7][8]

Município de Adolfo
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 30 de novembro
Fundação 30 de novembro de 1959 (59 anos)
Gentílico adolfino[1]
Lema Fides honor et labor
"Fé, Honra e Trabalho"
Prefeito(a) Izael Antonio Fernandes
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Adolfo
Localização de Adolfo em São Paulo
Adolfo está localizado em: Brasil
Adolfo
Localização de Adolfo no Brasil
21° 14' 06" S 49° 38' 38" O21° 14' 06" S 49° 38' 38" O
Unidade federativa São Paulo
Mesorregião São José do Rio Preto IBGE/2008[2]
Microrregião São José do Rio Preto IBGE/2008[2]
Distância até a capital 464 km
Características geográficas
Área 211,1 km² [3]
População 3 557 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 16,85 hab./km²
Altitude 443 m
Clima Subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,795 alto PNUD/2000[5]
PIB R$ 109 170,000 mil IBGE/2011[6]
PIB per capita R$ 30 778,25 IBGE/2011[6]

Índice

HistóriaEditar

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 14.334, de 30 de novembro de 1944 foi criado o Distrito de Adolfo, destacado do município de Rio Preto que depois passou a ser chamado de São José do Rio Preto com o objetivo da criação de um novo município de nome Nova Aliança. Em divisão territorial de 1 de julho de 1950, o distrito de Adolfo faz parte do município de Nova Aliança. Pela Lei Estadual n.º 5.285, de 18 de fevereiro de 1959 foi criado o município com a denominação de Adolfo.[8]

ReligiãoEditar

Segundo o censo de 2010 feito pelo IBGE a principal religião do município era o catolicismo onde 71,4% da população seguiam a doutrina, 22,7% eram protestantes, 2,9% eram testemunhas de Jeová, 1,5 eram de outas religiões e também 1,5% não tinham religião.

Catolicismo

O catolicismo no município está divido da seguinte forma católicos apostólicos romanos 90,1% um total de 2.290 pessoas, católicos apostólicos brasileiros 9,7% um total de 247 pessoas e católicos ortodoxos 0,3% um total de 3 pessoas

Protestantismo

O protestantismo é a segunda maior religião do município e está dividido da seguinte forma, Igreja Evangélica Presbiteriana 14,1% um total de 113 pessoas, Igreja Evangelho Quadrangular 13,2% um total de 107 pessoas, Igreja Evangélica Assembléia de Deus 9,2% um total de 74 pessoas, Igreja Evangélica Batista 5,7% um total de 46 pessoas, Igreja Congregação Cristã no Brasil 5,0 um total de 41 pessoas, Igreja Universal do Reino de Deus 3,8% um total de 31 pessoas, Igreja Deus é Amor 1,7% um total de 14 pessoas, outras 8,7% um total de 70 pessoas e evangélicos não determinados 38,6% um total de 311 pessoas.

GeografiaEditar

Tem uma área total de 211,1 km². Localiza-se a uma altitude de 443 metros acima do nível do mar.

DemografiaEditar

Dados do Censo - 2010[3]oa

População total: 3.557

  • Urbana: 3.200
  • Rural: 357

Densidade demográfica: 16,85 hab./km²

Dados do Censo - 2000

Mortalidade infantil até um ano: 7,12 por mil

Expectativa de vida: 76,77 anos

Taxa de fecundidade: 2,02 filhos por mulher

Taxa de alfabetização: 86,86%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,795

  • IDH-M Renda: 0,686
  • IDH-M Longevidade: 0,863
  • IDH-M Educação: 0,837

(Fonte: IPEADATA)

HidrografiaEditar

  • Ribeirão da Fartura

RodoviasEditar

ComunicaçõesEditar

A cidade foi atendida pela Companhia de Telecomunicações do Estado de São Paulo (COTESP) até 1973, quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[9], que construiu em 1982 a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa[10][11][12].

AdministraçãoEditar

FutebolEditar

Dono do único estádio local, localizado na rua Santos Dumont - Centro, o Adolfo Esporte Clube é a equipe futebolística mais tradicional da cidade.

Referências

  1. Histórico de Adolfo no site do IBGE
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. a b c «Censo Populacional 2010 - IBGE» (PDF). IBGE.gov.br. Consultado em 27 de agosto de 2011 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2011». Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados. Consultado em 12 de janeiro de 2014. Arquivado do original em 12 de Janeiro de 2014 
  7. «História da cidade». Prefeitura Municipal de Adolfo. Consultado em 8 de janeiro de 2018 
  8. a b «Adolfo». IBGE. Consultado em 8 de janeiro de 2018 
  9. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  10. «Convênio de incorporação da COTESP pela TELESP em 25 de outubro de 1973». Portal da Câmara dos Deputados 
  11. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  12. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adolfo (São Paulo)