Aeroclube de Blumenau

O Aeroclube de Blumenau (ACB) foi oficializado em 22 de abril de 1941, na cidade de Blumenau em Santa Catarina, pelo então prefeito José Ferreira da Silva o qual trouxe o primeiro instrutor de pilotos para a instituição, o piloto Dauto Caneparo, vindo de Florianópolis. Nesta época, seguia-se o manual da Força Aérea Brasileira, a FAB, sendo a formação de pilotos civis e militares realizada da mesma forma. Nesta mesma década, foi construída a pista de pouso do Aeroporto Quero-Quero, local onde está situado o aeroclube.[1]

No início, as aulas teóricas eram ministradas em uma sala alugada no Clube Náutico América, localizado no centro do município[2]. Um ano depois, foi disponibilizado pelo Governo Federal ao aeroclube uma aeronave Piper J-3.

Na década de 70, a instituição foi transferida para um grande campo localizado no bairro Itoupava Central[3], lugar o qual hoje localiza-se o Aeroporto Regional de Blumenau.

Ao longo dos anos de operação e formação de pilotos, o Aeroclube de Blumenau aumentou sua frota de aeronaves e modernizou sua estrutura. No início dos anos 2000, o ACB transferiu sua sede das proximidades da cabeceira da pista 36, para ao lado da cabeceira da pista 18, nos fundos do aeródromo.

FrotaEditar

O Aeroclube de Blumenau possui, atualmente, uma frota composta pelas seguintes aeronaves:

  • 1 Aero Boero 115 - AB11 (PP-GCT)
  • 1 Aero Boero 180 - AB18 (PP-GLI)
  • 2 Cessna 152 - C152 (PT-RGS, PT-XXW)
  • 1 Cessna 152 Aerobat - C152 (PR-LOM)
  • 1 Cessna 172 - C172 (PT-SRP)
  • 1 Embraer "Tupi" - P28A (PT-NYQ)
  • 1 Piper - PA18 (PP-GJH)
  • 1 Piper Seneca II - PA34 (PR-AGN)
  • 1 Planador Quero-Quero (PT-PHP)
  • 1 Planador Nhapecan (PP-FJV)
  • 1 Motoplanador Super Ximango (PP-KDT)

EstruturaEditar

O Aeroclube de Blumenau fica baseado no Aeroporto Regional de Blumenau, ao lado da cabeceira 18 da pista. Hoje, a área de instrução destinada para manobras fica sobre a cidade de Indaial, a cerca de 10 minutos do aeródromo. O Aeroclube oferece os cursos teóricos e práticos para Piloto Privado (PP), Piloto Comercial (PC) e Instrutor de Voo (INVA), além das habilitações para voo por instrumentos (IFR) e aeronaves multimotoras (MLTE). A instituição também dispõe do curso teórico para Comissários de Voo (CMS).

A proximidade dos Aeródromos de Joinville, Navegantes e Florianópolis, favorecem a instrução para operações noturnas e voos por instrumentos. Para o treinamento IFR, o Aeroclube dispõe de um simulador AATD.

Referências

  1. «Quem Somos – Aeroclube de Blumenau». www.aeroclubedeblumenau.com.br. Consultado em 29 de abril de 2018 
  2. «Antigamente: Blumenau e a aviação, eternos sonhos de Ícaro». A Boina. 17 de janeiro de 2017. Consultado em 29 de abril de 2018. Arquivado do original em 30 de abril de 2018 
  3. «Aeroporto de Blumenau - Prefeitura de Blumenau». www.blumenau.sc.gov.br. Consultado em 29 de abril de 2018 


Ligações externasEditar

Site Oficial