Abrir menu principal

Agnaldo, Perigo à Vista

Agnaldo, Perigo à Vista
 Brasil
1969 •  cor •  75 min 
Direção Reynaldo Paes de Barros
Roteiro Reynaldo Paes de Barros
Elenco Agnaldo Rayol
David Cardoso
Milton Ribeiro
Género aventura
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Agnaldo, Perigo à Vista é um filme brasileiro de 1969 do gênero aventura, escrito e dirigido por Reynaldo Paes de Barros. O intérprete do protagonista do filme é o cantor Agnaldo Rayol, que na época fazia bastante sucesso no Brasil com a transmissão de seus programas pela TV Record de São Paulo. Aparecem em participações especiais outros artistas conhecidos da emissora: Wanderléia, Erasmo Carlos, Ronald Golias e Jô Soares. A exemplo do anterior Roberto Carlos em Ritmo de Aventura e seguindo o modelo de Help!, a história resume-se a uma intensa perseguição, com os personagens passando por vários locais e utilizando-se de diversos veículos tais como carros, caminhões, barcos, trem, lanchas, helicópteros, aviões, carts e bicicletas. Agnaldo Rayol canta a música-tema e as outras canções ouvidas no filme.

ElencoEditar

SinopseEditar

Durante uma apresentação no teatro da TV Record em São Paulo, o cantor Agnaldo Reis é abordado por um bando de guerrilheiros anticapitalistas liderados pelo sinistro Baby Face (um vilão com uma cicatriz no rosto) que tenta extorqui-lo. Quando os homens saem, Agnaldo novamente é pressionado, dessa vez por uma família nordestina, cujo pai acusa o cantor de ter "feito mal" a sua filha Madalena durante uma excursão ao Nordeste do Brasil e agora quer realizar o casamento dos dois. Agnaldo foge dos nordestinos e os guerrilheiros, que o vigiavam, se unem aos perseguidores e todos vão atrás do cantor. A perseguição sai de São Paulo e transfere-se para várias cidades (Santos, Joinville, Gramado), indo até o desfecho que se passará na Argentina. Durante uma corrida de Fórmula Super Vê em Joinville, Agnaldo consegue escapar momentaneamente de seus perseguidores ao ser confundido com um sósia, o piloto gaúcho Paulo Sales.