Akureyri

cidade na Islândia

Akureyri é uma cidade da Islândia com aproximadamente 17.000 habitantes, segundo o censo de 2007. Localiza-se ao norte do país, na margem do fiorde Eyjafjörður, na província de Norðurland eystra. É a quarta maior cidade do país, depois de Hafnarfjörður, Kópavogur e Reykjavík.[1] E a maior cidade fora do sudoeste islandês.

Islândia Akureyri

Akureyrarkaupstaður

 
  Cidade  
Vista aérea de Akureyri
Vista aérea de Akureyri
Localização
Localização de Akureyri na Islândia.
Localização de Akureyri na Islândia.
Mapa de Akureyri
Coordenadas 65° 41' N 18° 06' O
País  Islândia
Distrito eleitoral Eleitorado do Nordeste
Região Região Nordeste
Administração
Prefeito Ásthildur Sturludóttir
Características geográficas
 • Total 18 925
Informações
Fuso horário UTC+0
Sítio akureyri.is

Nomeada como a Capital do Norte Islandês, Akureyri é um importante centro portuário e de pescaria. A área onde Akureyri está localizada foi estabelecida no século 9, porém, não recebeu o título de município até o ano de 1786.[2] Forças dos Aliados da Segunda Guerra Mundial se estabeleceram durante a Segunda Guerra Mundial.

A área possui um clima relativamente leve devido a fatores geográficos, e o seu porto livre de gelo possui um papel significante na história do município.

ClimaEditar

Por se localizar no extremo norte do país e em região costeira, sua temperatura média anual fica em torno de 4 °C. A média de temperatura nos meses de inverno fica em torno de -1,5 °C e nos meses de verão, em torno de 11 °C. Os extremos registrados foram -23,2 °C em 1947 e 28,1 °C em 2006. O clima é Cfc( temperado com verão curto e fresco), segundo Köppen.

A precipitação média anual é de 450mm.

Sua posição setentrional também afeta a incidência dos raios solares sobre seu território. Durante o verão, o Sol se mantém no céu durante quase 24 horas, enquanto que, durante o inverno, há apenas 3 horas diárias de presença solar. Durante o ano todo, há pouco mais de 1000 horas de luz solar.

Locais de interesseEditar

Jardim BotânicoEditar

Localizado no sudoeste da cidade, surpreende pela variedade de espécies de plantas. São cerca de 6000 tipos de vegetais, dos quais 400 deles são nativos.

NonnahúsEditar

Casa para o escritor para crianças Jón Sveinsson. Nessa localidade, Sveinsson escreveu uma série de novelas sobre um garoto islandês chamado Nonni.

Hoje ela abriga um museu contendo artigos pessoais do escritor.

AkureyrarkirkjaEditar

Catedral da cidade, inaugurada em 1940.

Náttúrufræðistofnun NorðurlandsEditar

Museu de História Natural.

TransportesEditar

Akureyri desempenha um papel fundamental no sistema de transportes da Islândia.

Está ligada à Hringvegur (Rota 1), anel rodoviário que liga as principais regiões do país.

Seu porto é um importante centro de processamento e exportação de produtos pesqueiros, principal fonte econômica do país.

O aeroporto da cidade é usado principalmente para voos domésticos, mas também pode receber voos internacionais.

EducaçãoEditar

A Universidade de Akureyri (Háskólinn á Akureyri) oferece cursos de graduação e forma mestres nas áreas de Direito, Ciências Sociais, Ciência da Saúde, Pedagogia, Economia e Ciências Naturais.

Desde 2007, existe a Escola para a Ciência de Energia Renovável, um projeto fruto de cooperação entre as universidades islandesas, com envolvimento do ministério da educação.

Cidades-irmãsEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Lars Mæhlum. «Akureyri» (em norueguês). Store Norske Leksikon - Grande Enciclopédia Norueguesa. Consultado em 22 de agosto de 2015 
  2. Evans, Andrew (2008). Iceland: The Bradt Travel Guide (em inglês). [S.l.]: Bradt Travel Guides. p. 310 
  3. «Curitiba in Brazil Adopts Akureyri as Sister Town». Iceland Review Online. 10 de outubro de 2013. Consultado em 10 de outubro de 2013. Arquivado do original em 24 de outubro de 2013 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Akureyri