Abrir menu principal

Castelo de Alamut

fortaleza numa montanha do Irão
(Redirecionado de Alamut)
Ruínas da fortaleza de Alamut situada na Cordilheira Elbruz ao sul do Mar Cáspio.

Alamūt, (do persa: الموت significa Ninho da águia), foi uma fortaleza situada na Cordilheira Elbruz, ao sul do Mar Cáspio no Irão. De acordo com Hamdollah Mostowfi a primeira fortaleza foi construída em 840, a uma altitude de 2100 m. A fortaleza foi construída de tal forma que só houvesse um meio artificial transitável para chegar a ela, que seria em torno do penhasco, o que dificultaria uma suposta invasão. Em 1090, a fortaleza foi conquistada pelos Hashshashin, uma poderosa seita criada por Hassan I Sabbah conhecidos ao Oeste como Assassinos, e ficou conhecida por seus jardins e sua extensa biblioteca.[1]

Alamūt foi destruída em 15 de dezembro de 1256 por Hulagu Khan, como parte da ofensiva mongol ao Sudoeste da Ásia. A fortaleza em si foi inexpugnável, porém Ruknud-Dīn Khurshāh, líder dos Assassinos rendeu-se sem batalha, na esperança que Hulagu Khan fosse misericordioso. Em 2004 um terremoto danificou ainda mais as paredes já em ruínas do forte.[1]

Governantes de AlamutEditar

Abaixo, lista dos oito governantes que já comandaram a fortaleza:

  • Mohammed I (1138-1162)
  • Hassan II (1162-1166)
  • Mohammed II (1166-1210)
  • Hassan III (1210-1221)
  • Mohammed III (1221-1255)
  • Rukh al-Din Khurshah (1255-1256)

Referências