Albano Jerónimo

ator português
Albano Jerónimo
Nascimento 30 de junho de 1979 (41 anos)
Alhandra, Vila Franca de Xira
Nacionalidade português
Ocupação Actor

Albano Jerónimo (Alhandra, 30 de Junho de 1979) é um actor português.

Estudou na Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa e estreou-se no cinema em Antes que o Tempo Mude, de Luís Fonseca (2003), tendo trabalhado depois com José Fonseca e Costa em O Fascínio e com José Farinha em O Inimigo Sem Rosto (2006).

TelevisãoEditar

Ano Título Personagem Papel Notas Canal
2002-2003 Lusitana Paixão Carlos Lencastre Protagonista RTP1
2003-2004 O Teu Olhar Rui Fonseca Antagonista TVI
2004 Inspector Max Rui Participação Especial
2004 Queridas Feras David Elenco Secundário
2005 Ninguém como Tu Tiago Nunes Elenco Principal
2006 Fala-me de Amor Pedro Novais Co-Protagonista
2006-2007 Tu e Eu Francisco Maia
2007 O Dez Timóteo Protagonista RTP1
2008 Vila Faia João Godunha
2008-2012 Liberdade 21 Pedro Pimentel Elenco Principal
2010 Cidade Despida André
2011 Mistérios de Lisboa Conde de Santa Bárbara Protagonista
2012-2013 Dancin' Days Duarte Sousa Prado de Oliveira SIC
2013-2014 Os Filhos do Rock Pedro Bettencourt RTP1
2014-2015 Mulheres Guilherme Fonseca TVI
2015-2016 Santa Bárbara Alexandre Vidal
2017-2018 Paixão Miguel Guerreiro SIC
2017-2018 Vikings Eufêmio Elenco Recorrente 5.ª temporada History
2019 Nazaré Félix Blanco Antagonista 1.ª temporada SIC

TeatroEditar

FilmografiaEditar

  • A Torre Amarela, realização de Roberto Roque (2003), curta-metragem
  • A Curiosidade Matou o Gato, realização de Rui Neto (2003), curta-metragem
  • Antes Que o Tempo Mude, realização de Luís Fonseca (2003)
  • O Fascínio, realização de José Fonseca e Costa (2003)
  • O Castelo Andante, realização de Hayao Miyazaki (2004), dobragem
  • Orfeu, realização de Luís Alves e Armanda Claro (2004), curta-metragem
  • Antes de Amanhã, realização de Gonçalo Galvão Teles (2007), curta-metragem
  • Same Room, Same Time, realização de Miguel Gaudêncio (2008), curta-metragem
  • Passeio, realização de Sérgio Graciano (2009), curta-metragem
  • O Último Condenado à Morte, realização de Francisco Manso (2009)
  • Como Desenhar um Círculo Perfeito, realização de Marco Martins (2009)
  • Voodoo, realização de Sandro Aguilar (2010), curta-metragem
  • Mercúrio, realização de Sandro Aguilar (2010), curta-metragem
  • Anestesia, realização de Pedro Varela (2010), curta-metragem
  • Mistérios de Lisboa, realização de Raúl Ruiz (2010)
  • O Inimigo Sem Rosto, realização de José Farinha (2010)
  • Um Dia Longo, realização de Sérgio Graciano (2011)
  • A Morte de Carlos Gardel, realização de Solveig Nordlund (2011)
  • Sinais de Serenidade Por Coisas Sem Sentido, realização de Sandro Aguilar (2012), curta-metragem
  • Linhas de Wellington, realização de Valeria Sarmiento (2012)
  • Florbela, realização de Vicente Alves do Ó (2012)
  • Assim Assim, realização de Sérgio Graciano (2012)
  • O Frágil Som do Meu Motor, realização de Leonardo António (2012)
  • O Mundo Cai aos Bocados (e Ainda Assim as Pessoas Apaixonam-se), realização de Henrique Pina (2014), curta-metragem
  • The Secret Agent, realização de Stan Douglas (2015)
  • Fado, realização de Jonas Rothlaender (2016)
  • Gelo, realização de Gonçalo Galvão Teles e Luís Galvão Teles (2016)
  • Delírio em Las Vedras, realização de Edgar Pêra (2016)
  • Mariphasa, realização de Sandro Aguilar (2017)
  • A Herdade, realização de Tiago Guedes (2019)

Vida pessoalEditar

Viveu em união de facto, durante 10 anos, com a actriz, dramaturga e encenadora Cláudia Chéu, de quem tem uma filha, Francisca Jerónimo (2012).[1]

Referências

  1. «Albano Jerónimo vai ser pai». Starlounge.pt.msn.com. Arquivado do original em 25 de setembro de 2011 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.