Alberico II Cybo-Malaspina

Alberico II Cybo-Malaspina (Gênova, 23 de julho de 1607Massa, 2 de fevereiro de 1690) foi o terceiro Príncipe soberano de Massa e Marquês soberano de Carrara de 1662 a 1664. Nesse ano, os seus títulos foram elevados, tornando-se primeiro Duque soberano de Massa e Príncipe soberano de Carrara até à sua morte. Foi o quinto da sua dinastia a governar os estados de Massa e Carrara.

Alberico II Cybo-Malaspina
Duque Soberana de Massa e
Príncipe Soberano de Carrara

Duque de Ferentillo
Duque de Ajello
Coat of arms of the House of Cybo-Malaspina.svg
Consorte Fúlvia Pico (Della Mirandola)
Casa Casa Ducal de Massa e Carrara
Dinastia Cybo-Malaspina
Nascimento 23 de julho de 1607
  Gênova, República de Gênova
Morte 2 de fevereiro de 1690 (82 anos)
  Massa, Ducado de Massa e Carrara
Filho(s) Carlos II; Alexandre, Patriarca de Constantinopla; Maria Francisca; Ana; Fernando, abade; Teresa; Inocêncio, Governador de Ferentillo.
Pai Carlos I Cybo-Malaspina
Mãe Brígida Spinola

BiografiaEditar

Alberico era o filho mais velho e herdeiro de Carlos I Cybo-Malaspina e de Brígida Spinola, sucedendo ao pai em 1662. Em 1664, já Alberico II governava os estados dos Cybo-Malaspina, o imperador Leopoldo I elevou o principado de Massa à categoria de ducado e o marquesado de Carrara a principado.

Para além destes estados, Alberico II era, também, Principe do Sacro Império, 3º Duque de Ferentillo, 2º Duque de Ajello, Conde Palatino de Laterano, Barão de Paduli, Sinhor Soberano de Moneta e Avenza, Senhor de Lago, Laghitello, Serra e Terrati, Barão Romano, Patrício Romano e Patrício Genovês, Patrício de Pisa e Florença, Patrício Napolitano, Nobre de Viterbo.

Casou em Gênova, em janeiro de 1626, com Fúlvia Pico (Della Mirandola) (1607-1679), filha de Alexandre I Pico, Duque soberano de Mirandola, e de Laura d'Este (filha de César d'Este, Duque de Módena).

Alberico morre em 1690, sucedendo-lhe o seu filho mais velho, Carlos[1].

DescendênciaEditar

Do casamento de Alberico e Fúlvia nasceram 13 filhos:

  1. Laura (nascida e morta em 1628);
  2. Catarina (Caterina) (nascida e morta em 1630);
  3. Carlos II (Carlo) (1631-1710), sucedeu ao pai;
  4. Maria (1631-1637);
  5. Alexandre (Alessandro) (1633-1705), Patriarca Titular de Constantinopla em 1705;
  6. Constança (Costanza) (1634-1635);
  7. João Batista (Giovanni Battista) (nascido e morto em 1635);
  8. Maria Francisca (Maria Francesca) (1637-1675);
  9. Ana (Anna) (1640-1691);
  10. Fernando (Ferdinando), (1641-1682), abade da Collegiata di San Pietro di Massa;
  11. Francisco Maria (Francesco Maria) (nascido e morto em 1644);
  12. Teresa (1645-1682);
  13. Inocêncio (Innocenzo) (1648-1674), Patrício Romano e Patrício Genovês, Patrício de Pisa e Florença, Patrício Napolitano, Nobre de Viterbo, Mordomo de Sua Santidade o Papa, Governador do Ducado de Ferentillo.

Ver tambémEditar


Ligações externasEditar


BibliografiaEditar

  • Giancarlo e Nicoletta Salvatori e Marzia Ratti Carpenzano, "Massa ducale", Giardini, Pisa, 1987 (sbn: IT\ICCU\CFI\0399307}}


ReferênciasEditar

  1. Carlos II, filho mais velho de Alberico II, fora assim batizado em honra do avô (pai de Alberico), Carlos I


Precedido por
Carlos I Cybo-Malaspina
 
Príncipe Soberano de Massa e
Marquês Soberano de Carrara

1662 - 1664
Sucedido por
elevação dos títulos
Precedido por
substituição dos títulos
Duque Soberano de Massa e
Príncipe Soberano de Carrara

1664 - 1690
Sucedido por
Carlos II Cybo-Malaspina
Precedido por
Carlos I Cybo-Malaspina
Duque de Ferentillo
1662 - 1690
Sucedido por
Carlos II Cybo-Malaspina
Precedido por
Carlos I Cybo-Malaspina
Duque de Ajello
1662 - 1690
Sucedido por
Carlos II Cybo-Malaspina