Abrir menu principal

Alcino Neves dos Santos Filho

futebolista brasileiro

CarreiraEditar

Nasceu em 24 de março de 1951 no Rio de Janeiro. Jogou por vários times do futebol brasileiro, entre eles: Madureira (RJ), Remo (PA), Portuguesa (SP), Grêmio (RS), Atlético (GO), Bangu (RJ) e Rio Negro (AM), Pinheirense(PA).

É considerado o maior ídolo do Clube do Remo onde tornou-se tricampeão paraense (1973, 1974 e 1975) tornando-se artilheiro nestas edições. Também é o 2º maior artilheiro do clube com 158 gols marcados atrás apenas de Dadinho. Transferiu-se para o Grêmio em 1976. Em 2001 foi eleito como o melhor atacante do século. Na noite de entrega ele recebeu o prêmio das maos de seu filho caçula Edson, o qual nao via havia mais de uma década, protagonizando naquela noite um dos mais belos e emocionantes encontros na TV esportiva do Estado. Alcino também integrou a Seleção Paraense do Século XX.

Maior Lance da História do Futebol do Norte

Acreditem se quiser, marcou dois gols e deu a vitória ao Clube do remo de virada, 2 x 1.

Mais uma história do centroavante é que, durante um jogo com o Paysandu, após driblar dois zagueiros, o lateral, fintar espetacularmente o goleiro do Papão, Nego Motora como era conhecido, sentou na bola a dois palmos da linha do gol antes de fazer balançar as redes do time adversário.

Terminou expulso, mas provavelmente contente pela vitória dos azulinos por dois a zero em cima do time bicolor e por ter acrescentado mais um fato pitoresco à sua lenda pessoal.

Alcino morreu em 20 de julho de 2006, vítima de câncer generalizado.

CarreiraEditar

TítulosEditar

Remo
(1971)
(1971)
(1973, 1974 e 1975)
  • Torneio Internacional de Belém: 1
(1975)
  • Torneio Pará-Goiás: 1
(1972)
  • Torneio Cidade de Belém: 1
(1970)
  • Taça Vivenda: 1
(1972)

Rio NegroEditar

(1982)

DestaquesEditar

RemoEditar

(1971)
  •   Artilheiro do Campeonato Paraense: 3
(1973, 1974 e 1975)
  •   Atacante do Século no Futebol do Pará - Seleção Paraense do Século XX

GrêmioEditar

  •   Artilheiro do Campeonato Gaúcho: 1
(1976)

Referências

  1. Marcelo Rozenberg. «Que fim levou? - Alcino». Consultado em 1 de agosto de 2010. Arquivado do original em 5 de julho de 2009 

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.