Abrir menu principal

Alegria de Viver

filme de 1958 dirigido por Watson Macedo
(Redirecionado de Alegria de Viver (filme))
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um filme brasileiro. Para o filme com Shirley Temple, veja Stand Up and Cheer!.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com A Alegria de Viver.
Alegria de Viver
 Brasil
1958 •  pb •  85 min 
Realização Watson Macedo
Argumento Chico Anísio (diálogos)
Watson Macedo
Ismar Porto
Elenco Eliana Macedo
John Herbert
Afonso Stuart
Género comédia musical
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Alegria de Viver é um filme de comédia musical brasileiro de 1958, dirigido por Watson Macedo. Números musicais com Trio Irakitan, Ivon Curi e os atores Eliana e Augusto César Vanucci (que cantam canções compostas em parceria por Carlos Imperial, dentre outros [1]).

ElencoEditar

SinopseEditar

Gilberto trabalha no escritório de uma construtora cujo proprietário é o milionário Senhor Pires. O falecido pai de Gilberto também fora empregado lá e era muito admirado por Pires, que igualmente tem o rapaz em alta conta. Ele não sabe que Gilberto à noite frequenta o clube juvenil "Copa Jazz", onde é o presidente e todos só o chamam de "King". Pires quer que Gilberto conheça a filha Elizabeth, que está de férias do colégio interno. Mas a moça teme que ele seja antiquado igual ao pai dele então manda a amiga simplória Margarida ir ao encontro com Gilberto no lugar dela. Enquanto isso vai ao clube "Copa Jazz", levada pela amiga Silvia. Gilberto e Elizabeth acabam se conhecendo no clube no outro dia e iniciam um namoro. Silvia fica enciumada e inventa uma gravidez para que Elizabeth se separe de Gilberto. Para fugir dele, Elizabeth vai com a turma de Johnny para outro clube, o "Rock Boy Club", com reputação de reunir a "juventude transviada" de fãs do rock'n roll.

Referências

Ligações externasEditar