Aleksander Čeferin

Presidente da UEFA

Aleksander Čeferin (nascido a 13 de Outubro de 1967) é um advogado esloveno e dirigente desportivo. Entre 2011 e 2016 foi presidente da Federação de Futebol da Eslovénia e desde 14 de Setembro de 2016, é Presidente da UEFA.[1]

Aleksander Čeferin
Nome completo Aleksander Čeferin
Nascimento 13 de outubro de 1967 (53 anos)
Grosuplje Iugoslávia
Nacionalidade esloveno
Ocupação Presidente da UEFA
(2016–atualmente)

CarreiraEditar

Após se licenciar na faculdade de Direito da Universidade de Ljubljana, Čeferin ingressou na firma de advogados da sua família, desenvolvendo um interesse especial pela representação de atletas e clubes profissionais. Mais tarde substituiu o pai como director da firma.

Cargos administrativosEditar

Čeferin assumiu um interesse formal no futebol local em 2005, através do trabalho desenvolvido com a direcção do FC Litija, um clube de futsal. Membro do comité executivo dos amadores do FC Ljubljana Lawyers desde 2005, foi igualmente dirigente no NK Olimpija Ljubljana, entre 2006 e 2011. Em 2011, Čeferin foi eleito Presidente da Federação de Futebol da Eslovénia. Também foi segundo e terceiro vice-presidente do Comité Jurídico da UEFA, entre 2011 e 2016.

Presidência da UEFAEditar

A 14 de Setembro de 2016, Čeferin foi eleito como o sétimo Presidente da UEFA, tornando-se automaticamente vice-presidente da FIFA. Recolheu 42 votos no Congresso da UEFA realizado em Atenas, batendo a concorrência do holandês Michael van Praag, que recebeu 13 votos. Em Abril de 2017, Čeferin viu ser aprovadas diversas propostas reformistas de boa governação, onde se inclui a introdução da limitação de mandatos para presidentes da UEFA e membros do Comité Executivo da UEFA, e a condição de que candidatos a membros do Comité Executivo devem exercer um cargo (presidente, vice-presidente, secretário-geral ou director-geral) na respectiva federação. Čeferin prometeu reforçar as medidas de "fair play" financeiro da UEFA, em vigor desde 2009.

Vida pessoalEditar

Čeferin é casado e pai de três filhos. É fluente em inglês e italiano.

Referências

  1. «Aleksander Čeferin». UEFA. 2 de janeiro de 2011. Consultado em 12 de outubro de 2017 

Ligações externasEditar