Alfabeto copta

Alfabeto copta
Coptic small.jpg
Tipo Alfabeto
Línguas Língua copta
Período de tempo
século II a.C. até o presente (como língua litúrgica)
Sistemas-pais
Sistemas-filhos
Escrita meroítica

O alfabeto copta é o alfabeto utilizado para a escrita da língua copta. Sucedeu o alfabeto demótico como sistema de escrita próprio da língua egípcia.

HistóriaEditar

Ao longo dos três primeiros milênios de história da escrita da língua egípcia, os hieróglifos, inicialmente ideogramas, transitaram lentamente para o demótico, um abjad com elementos ideogramáticos. No Reino Ptolemaico, no entanto, a popularização da educação em língua grega levou a população erudita a perder seu contato com a complexa escrita demótica, levando fatalmente os sacerdotes egípcios a desenvolverem um sistema de transliteração da língua local para o alfabeto grego no século II a.C., evoluindo progressivamente até cerca do século IV para um inventário consistente de 24 letras gregas em tipografia particular e 6 ou 7 formas novas de glifos demóticos (dependendo do dialeto), originando o alfabeto copta.[1]

A língua copta, tal qual a grega, perdeu progressivamente seu uso corrente após a conquista muçulmana do Egito, o copta resistindo por algum tempo como língua da população cristã copta fora das grandes cidades (resistindo provavelmente até o século XVII e nas obras literárias da Igreja Ortodoxa Copta (apesar de textos em árabe serem compostos a partir do século X e do uso da língua nativa egípcia hoje na Igreja estar restrito aos meios litúrgico e acadêmico).[1][2]

AlfabetoEditar

Image maj. Image min. Unicode maj. Unicode min. Valor numérico Nome Origem Translit. e valor fon.
    1 Alpha Α, α a [a, ʔ, ʕ]
    2 Bēta Β, β b, v [β~v]
    3 Gamma Γ, γ g/gu [ɡ]
    4 Delta Δ, δ d [d]
    5 Ei Ε, ε e [i, e][nota 1]
    6 So Ϛ, ϛ (stigma) st
    7 Zēta Ζ, ζ z [z]
    8 Ēta Η, η ē / e [eː]
    9 Thēta Θ, θ th / t' [tʰ]
    10 Yota Ι, ι i [iː~j]
    20 Kappa Κ, κ k [k]
    30 Lamda Λ, λ l [l]
    40 Me Μ, μ m [m]
    50 Ne Ν, ν n [n]
    60 Eksi Ξ, ξ ks
    70 O Ο, ο o [o]
    80 Pi Π, π p [p]
    100 Ro Ρ, ρ r [r]
    200 Sima Σ, σ, ς s [s]
    300 Taw Τ, τ t [t]
    400 Epsilon Υ, υ u / ou [uː][nota 2]
    500 Fi Φ, φ f / ph / p' [pʰ]
    600 Khe Χ, χ kh [kʰ]
    700 Epsi Ψ, ψ ps
    800 Ōu Ω, ω ō / o [oː]
    Ϣ ϣ Shay   (demótico) sh / š / ch [ʃ]
    Ϥ ϥ 90 Fay Ϙ, ϙ (koppa)
(forma e valor numérico)
f [f]
    Ϧ (Ⳉ) ϧ (ⳉ)[nota 3] Khay   (demótico) x [x]
    Ϩ ϩ Hōri   (demótico) h [h, ħ]
    Ϫ ϫ Janja   (demótico) j / dzh [dʒ]
    Ϭ ϭ Tshēma Ϙ, ϙ (koppa)
(valor fonético)
q / tsh [kʲ, tʃ][nota 4]
    Ϯ ϯ Ti / De   (demótico) ti / de [ti, de][nota 5]
    900
  1. No dialeto saídico, [i], no boáirico, [e].
  2. A vogal /uː/ costuma ser escrita como o dígrafo ⲟⲩ, não simplesmente .
  3. Ausente no dialeto saídico, a letra khay é escrita no acmímico e no boáirico.
  4. Há dissenso entre estudiosos sobre a pronúncia ideal ser [kʲ] ou [tʃ].
  5. No dialeto saídico [ti], no boáirico, [de].

Referências

  1. a b Coptic.org: The History of the Coptic Language
  2. Petry, Carl; Paula A. Sander (1998). "The Fatimid State, 969–1171". The Cambridge History of Egypt. p. 170.
  • Kasser, Rodolphe. 1991. The Coptic Encyclopedia, editada por Aziz S. Atiya. Nova Iorque: Macmillan Publishing Company, Volume 8.