Alface frisada

Como ler uma infocaixa de taxonomiaAlface crespa
Tipos de alface frisada
Tipos de alface frisada
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Ordem: Asterales
Família: Asteraceae
Género: Lactuca sativa var. crispa
Espécie: L. sativa
Nome binomial
Lactuca sativa var. crispa
L.

Alface frisada (Lactuca sativa var. crispa), também conhecida como alface crespa, é uma planta de horta da variedade batavia do gênero alface e é muito usada na alimentação humana, crua em saladas ou cozida em sopas[1]. Tem a aparência semelhante à alface lisa, mas possui pequenas ondulações no topo das folhas, que apresentam coloração verde ou roxa[2]. A alface frisada pode ser cultivada no solo ou em uma solução nutritiva (água e nutrientes). O seu plantio pode ser feito durante o ano todo, com mais produtividade nas estações do verão e inverno[3]. A alface frisada é um dos tipos de alface mais consumida no Brasil.

Valor nutricionalEditar

A alface frisada é rica em fibras, além de conter vitamina A, vitamina C, niacina, cálcio, ferro e fósforo. O valor energético da planta é baixo, já que 96% do seu peso é constituído em água, apresentando pouca quantidade de gorduras e calorias.

Alface crespa Porção de 100g %VD*
Valor Energético 10.7 Kcal = 45kJ 1%
Carboidratos 1,7 g 1%
Proteínas 1,4 g 2%
Fibra Alimentar 1,8 g 7%
Cálcio 38 mg 4%
Vitamina C 15,6 mg 35%
Fósforo 25,8 mg 4%
Manganês 0,2 mg 9%
Magnésio 11 mg 4%
Lipídios 0,2 g ---
Ferro 0,4 mg 3%
Potássio 267,1 mg ---
Cobre 0,0 ug 0%
Zinco 0,3 mg 4%
Niacina 1,1 mg 6%
Tiamina B1 0,1 mg 7%
Riboflavina B2 0,1 mg 8%
Sódio 3,4 mg 0%
  • % Valores diários com base em uma dieta de 2.000 Kcal ou 8.400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades.

FONTE: Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação - NEPA; Tabela Brasileira de Composição de Alimentos - TACO

BenefíciosEditar

A alface frisada auxilia na digestão e no bom funcionamento do intestino, além de ter indicações terapêuticas para problemas como insônia, diabetes, reumatismo e anemia[4].

 
Folhas da alface frisada.

Dicas de compra e conservaçãoEditar

Deve se dar preferência a folhas com aspecto de produto fresco, ou seja, firmes, brilhantes e sem áreas escuras. Bordas amareladas mostram que a alface está velha. É essencial lavar bem e mais de uma vez, principalmente se for usada crua, com a possibilidade de deixá-la de molho para uma limpeza mais efetiva (para isso recomenda-se o uso de vinagre ou água sanitária). A alface frisada tem facilidade para estragar e por isso deve ser conservada na geladeira ou dentro de uma vasilha com água. A planta não tolera congelamento[5].

Ver tambémEditar

Referências

  1. ALGRANTI, Márcia, "Pequeno Dicionário da Gula", Rio de Janeiro: Record, 2000
  2. GONSALVES, Paulo Eiró, "Livro dos Alimentos", São Paulo: Summus, 2001
  3. COUTURE, R.; CANTWELL, M.I.; KE, D.; SALTVEIT Jr., M.E., "Physiological attributes related to quality attributes and storage life of minimally processed lettuce", v.28, n.7, p.723-725, HortScience, 1993
  4. SPETHMANN, Carlos Nascimento, "Medicina Alternativa de A a Z", 6ª ed., Uberlândia: Natureza, 2003
  5. Henz, HENZ, G. P.; SUINAGA, F. A., "[1]", Embrapa, 2009