Alfredo Capelli

Alfredo Capelli (Milão, 5 de agosto de 1855Nápoles, 28 de janeiro de 1910) foi um matemático italiano, descobridor da identidade de Capelli.

Alfredo Capelli
Nascimento 5 de agosto de 1855
Milão
Morte 28 de janeiro de 1910 (54 anos)
Nápoles
Nacionalidade italiano
Cidadania Reino de Itália
Alma mater Universidade de Roma "La Sapienza"
Ocupação matemático, professor universitário
Empregador Universidade de Palermo, Universidade de Nápoles Federico II
Orientador(es) Giuseppe Battaglini
Instituições Universidade de Pavia, Universidade de Palermo, Universidade de Nápoles Federico II
Campo(s) matemática
Obras destacadas Capelli's identity, teorema de Rouché-Capelli

BiografiaEditar

Capelli obteve um doutorado (Laurea) na Universidade de Roma "La Sapienza" em 1877, orientado por Giuseppe Battaglini. Foi para a Universidade de Pavia, onde foi assistente de Felice Casorati. Em 1881 tornou-se professor da Universidade de Palermo, sucedendo Cesare Arzelà, que tinha recentemente ido para a Universidade de Bolonha. Em 1886 foi para a Universidade de Nápoles Federico II, onde permaneceu até morrer em 1910. Foi eleito membro da Accademia Nazionale dei Lincei.

Foi palestrante convidado do Congresso Internacional de Matemáticos em Paris (1900), Heidelberg (1904) e Roma (1908: Sui coefficienti degle sviluppi in serie di potenze delle funzioni algebriche di più variabili).[1]

Publicações selecionadasEditar

  • Capelli, Alfredo (1887), «Ueber die Zurückführung der Cayley'schen Operation Ω auf gewöhnliche Polar-Operationen», Berlin / Heidelberg: Springer, Mathematische Annalen, ISSN 1432-1807, 29 (3): 331–338, doi:10.1007/BF01447728 

Referências

Ligações externasEditar