Abrir menu principal

Aliança das Forças Nacionais

Aliança das Forças Nacionais
تحالف القوى الوطنية
Líder Mahmoud Jibril
Fundação Fevereiro de 2012
Ideologia Nacionalismo líbio
Liberalismo
Liberalismo económico
Espectro político Centro
Cores Vermelho, Preto e Verde

A Aliança das Forças Nacionais (AFN) (em árabe: تحالف القوى الوطنية, Tahalouf al-quwa al-wataniyya) é uma coalizão política na Líbia criada alguns meses após a queda do ditador Muamar Gadafi, em Fevereiro de 2012. Ela inclui 58 entidades políticas, 236 ONGs, e mais de 280 políticos independentes[1]. A AFN é predominantemente de de tendência ideológica liberal. Ela defende "movimentos liberais dentro de um islão moderado" e um "estado civil e democrático".

Seu presidente é Mahmoud Jibril, ex-primeiro ministro do Conselho Nacional de Transição, a instância governamental que organizou os rebeldes durante a Guerra Civil Líbia que derrubou Muamar Gadafi e, em seguida, administrou a Líbia.

Nas eleições de julho de 2012, a AFN obteve o primeiro lugar entre os partidos políticos que disputavam o pleito, conquistando 39 das 80 vagas destinadas à partidos políticos no Congresso Geral Nacional, o novo parlamento líbio.

Resultados eleitoraisEditar

Eleições legislativasEditar

Data Votos % Deputados Status
2012 714 769 48,1 (1.º)
39 / 200
Governo

Referências

  1. [1], em inglês, acessado em 10 de julho de 2012