América do Norte Britânica

   |- style="font-size: 85%;"
       |Erro::  valor não especificado para "nome_comum"
   


América do Norte Britânica

colonia

Colonial-Red-Ensign.svg
1783 – 1907 Canadian Red Ensign 1868-1921.svg
 
Dominion of Newfoundland Red Ensign.svg

Bandeira de

Bandeira
Localização de
Continente América
Região América do Norte
Capital Londres
Língua oficial Inglês
Governo Monarquia constitucional
História
 • 1783 Fundação
 • 1907 Dissolução

A América do Norte Britânica (em inglês: British North America) era uma colónia constituída por províncias e territórios do Império Britânico na América do Norte continental após o fim da Guerra Revolucionária Americana e o reconhecimento da independência dos Estados Unidos (1783).[1]

Visão geralEditar

No começo da Guerra Revolucionária em 1775 o Império Britânico incluiu 20 colônias ao norte do México. A Flórida Oriental e a Flórida Ocidental foram cedidas ao Império Espanhol pelo Tratado de Paris (1783), o qual acabou com a Guerra Revolucionária Americana, e então cedidas pela Espanha aos Estados Unidos em 1819. Todas exceto uma das colônias restantes da América do Norte Britânica se uniram de 1867 a 1873 formando o Domínio do Canadá. A Terra Nova se uniu ao Canadá em 1949.

O termo América do Norte Britânica foi primeiramente utilizado informalmente em 1783, mas era incomum antes do Report on the Affairs of British North America (1839), conhecido como Durham Report. Formalmente, as colônias britânicas na América do Norte eram conhecidas como "América Britânica" e "Índias Ocidentais Britânicas" até 1783, e após isso, "América do Norte Britânica" e "Índias Ocidentais Britânicas".

América do Norte Britânica em 1763Editar

As treze colónias que formaram originalmente os Estados Unidos:

Outras colónias:

América do Norte Britânica pós Revolução AmericanaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Norman L. Nicholson (28 de janeiro de 2014). «British North America». The Canadian Encyclopedia. Consultado em 15 de fevereiro de 2021