Abrir menu principal

Américo de Moura Marcondes de Andrade

Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde abril de 2018). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Américo de Moura Marcondes de Andrade
Presidente do Rio Grande do Sul
Período 2 de março de 1878 a
26 de janeiro de 1879
Antecessor João Chaves Campelo
Sucessor Felisberto Pereira da Silva
Presidente do Rio de Janeiro
Período 5 de março de 1879 a
20 de abril de 1880
Antecessor Camilo Maria Ferreira Armond
Sucessor Paulo José Pereira de Almeida Torres
Dados pessoais
Nascimento 1840
Pindamonhangaba, São Paulo, Brasil
Morte
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Profissão Advogado

Américo de Moura Marcondes de Andrade (Pindamonhangaba, 1840Rio de Janeiro, ?) foi um político brasileiro.

BiografiaEditar

Filho do capitão Francisco Marcondes de Andrade (filho do Tenente Domingos Marcondes do Amaral e Anna Izabel de Andrade) e Cândida Justina de Moura (filha do sargento-mor Manoel de Moura Fialho e de Anna Marcondes de Oliveira). Casou-se em Barra Mansa, em 1859, com Maria Francisca Marcondes de Toledo Lessa, filha do doutor José Gomes Varella Lessa e de Maria Marcondes. Tiveram 5 filhos.

Formado em Direito pela Faculdade de Direito de São Paulo em 1859. Foi exercer a advocacia na cidade de Barra Mansa, onde abriu um escritório naquela cidade. Foi nomeado juiz municipal de órfãos em Bananal, permanecendo até outubro de 1861.

Na política, foi deputado provincial e geral pelo Rio de Janeiro. Foi presidente das províncias do Rio Grande do Sul, de 12 de março de 1878 a 26 de janeiro de 1879 e Rio de Janeiro, de 5 de março de 1879 a 20 de abril de 1880.

Trabalhava como advogado, com escritórios na Rua do Carmo, 51 e Guanabara, 63, ambos no Rio de Janeiro.

BibliografiaEditar

  • SOUZA, Eduardo Marcondes de, OS MARCONDES, São Paulo, 1998, pág. 52.

Ligações externasEditar