Abrir menu principal

BiografiaEditar

Formada em Artes Plásticas pela UFRGS em 1986, é integrante da Casa de Cinema de Porto Alegre.[2]

Foi assistente de direção de vários filmes de longa-metragem, de diretores como Jorge Furtado, Carlos Gerbase e Carlos Reichenbach.

Como roteirista e diretora, realizou curtas-metragens e especiais de televisão, tendo sido premiada em vários festivais nacionais e internacionais. Seu filme "Três Minutos" foi o único representante brasileiro na mostra competitiva de curtas do Festival de Cannes 2000.[3]

No final de 2007, dirigiu seu primeiro longa-metragem, Antes que o Mundo Acabe, baseado no livro de Marcelo Carneiro da Cunha, que foi apresentado e premiado em alguns festivais, antes mesmo de seu lançamento comercial, em maio de 2010.[4] Entre 2008 e 2009, Ana Luiza dirigiu oito episódios da série Fantasias de uma Dona de Casa para a RBS TV.[5]

Atualmente, Ana Luiza trabalha na pré-produção de Mulher de Fases, série cômica baseada em livro de Cláudia Tajes, que deverá ir ao ar no segundo semestre de 2010, pela HBO.[6]

Filmografia [7]Editar

Principais premiaçõesEditar

  • 2009: Prêmio Itamaraty de Melhor Longa Brasileiro na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, por Antes que o Mundo Acabe [8]
  • 2009: Melhor Direção, Festival Paulínia de Cinema, por Antes que o Mundo Acabe [9]
  • 2003: Melhor Curta de Ficção, Divercine - Festival Internacional de Cine para Niños, Montevideo, por Dona Cristina Perdeu a Memória
  • 2003: Melhor Curta, Festival do Recife, por Dona Cristina Perdeu a Memória
  • 2002: Melhor E-cinema, Festival Internacional Fluxus de Cinema na Internet, por Dona Cristina Perdeu a Memória
  • 2002: Prêmio da Crítica, Festival de Brasília, por Dona Cristina Perdeu a Memória
  • 2002: Melhor Direção, Festival de Gramado, por Dona Cristina Perdeu a Memória
  • 2000: Melhor Curta do ano, Grande Prêmio Cinema Brasil, por Três Minutos
  • 1999: Melhor Curta, Festival de Brasília, por Três Minutos
  • 1999: Melhor Curta, Festival de Vitória, por Três Minutos
  • 1997: Melhor Documentário, Festival de Cinema e Direitos Humanos de Buenos Aires, por Ventre Livre
  • 1994: Prêmio Especial do Júri, Festival de Brasília, por Ventre Livre
  • 1994: Melhor Média-metragem, Festival de Gramado, por Ventre Livre
  • 1988: Melhor Curta-metragem de Ficção, Festival de Havana, por Barbosa
  • 1988: Melhor Roteiro, Festival de Brasília, por Barbosa

ReferênciasEditar

  1. «Minibiografia no "Quem é quem" da Revista Filme B». Filmeb.com.br. Consultado em 8 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 7 de maio de 2012 
  2. «Sítio da Casa de Cinema de Porto Alegre». Casacinepoa.com.br. Consultado em 8 de dezembro de 2009 
  3. «Página sobre o Festival de Cannes 2000 no IMDb» (em inglês). Internet Movie Database. Consultado em 8 de dezembro de 2009 
  4. «Informações sobre o filme na revista eletrônica Meu Cinema Brasileiro». Meucinemabrasileiro.com. Consultado em 8 de dezembro de 2009 
  5. «Página sobre a série Fantasias de uma Dona de Casa no ClicRBS». Clicrbs.com.br. Consultado em 8 de dezembro de 2009 
  6. «Mulher de Fases será a primeira comédia brasileira da HBO». Teleseries.uol.com.br. Consultado em 8 de dezembro de 2009 [ligação inativa]
  7. «Filmografia de Ana Luiza Azevedo no IMDb» (em inglês). Internet Movie Database. Consultado em 8 de dezembro de 2009 
  8. «Notícia no sítio do Ministério das Relações Exteriores». Dc.mre.gov.br. Consultado em 8 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 7 de dezembro de 2009 
  9. «Festival reparte os prêmios entre os filmes "Olhos Azuis" e "Antes que o Mundo Acabe"». Zerohora.clicrbs.com.br. Consultado em 8 de dezembro de 2009 


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.