Angelic de Grimoard

Angelic de Grimoard[nota 1] C.R.S.A. (1315 - 13 de abril de 1388) foi um cardeal francês, Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais e Arcipreste da Basílica de São João de Latrão.

Angelic de Grimoard
Cardeal da Santa Igreja Romana
Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais
Arcipreste da Basílica de São João de Latrão
Atividade eclesiástica
Ordem Cônegos Regrantes de Santo Agostinho
Ordenação e nomeação
Nomeação episcopal 12 de dezembro de 1862
Ordenação episcopal 8 de janeiro de 1363
Avinhão
por Papa Urbano V
Cardinalato
Criação 18 de setembro de 1366
por Papa Urbano V
Ordem Cardeal-presbítero (1366-1367)
Cardeal-bispo (1367-1388)
Título São Pedro Acorrentado (1366-1367)
Albano (1367-1388)
Brasão
Grimoard.svg
Dados pessoais
Nascimento Grizac, Mende
1315
Morte Avinhão
13 de abril de 1388 (73 anos)
Nacionalidade francês
Funções exercidas - Bispo de Avinhão (1362-1366)
Sepultado Mosteiro de Saint-Ruf de Valence
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

BiografiaEditar

Filho de Guilherme de Grimoard, seigneur de Bellegarde, Grizac e Amphélise de Montferrand, era o irmão mais novo do Papa Urbano V. Uma fonte menciona que seu primeiro nome era uma contração de Ange-Gilles.[1]

Entrou para a Ordem dos Cônegos Regrantes de Santo Agostinho no Mosteiro de Saint-Ruf, perto de Valence.[1] Auditor da Sagrada Rota Romana em 1357 e prior de Saint-Pierre-de-Dieu em 1358.[1]

Eleito bispo de Avinhão em 12 de dezembro de 1362, ocupou a sé até sua promoção ao cardinalato. Foi consagrado em 8 de janeiro de 1363, em Avinhão, por seu irmão, o Papa Urbano V.[1][2]

Foi criado cardeal-presbítero no consistório de 18 de setembro de 1366, recebendo o título de São Pedro Acorrentado.[1] Decano de York a partir de 1366, até que ele foi privado por entrar na obediência avinhonesa. Passou para a ordem dos cardeais-bispos e assume a sé suburbicária de Albano em 17 de setembro de 1367.[1][2]

Legado na Itália a partir de março de 1368 até julho de 1371, com o título de vigário in temporalibus e com residência em Bolonha. Nomeado arcipreste da Basílica de São João de Latrão em 1370.[1]

Torna-se no Decano do Colégio dos Cardeais em 1373. Juntou-se à obediência do antipapa Clemente VII, em 1378. Ele foi autor de composições musicais litúrgicas e fundador de vários mosteiros em Apt, Avinhão e Montpellier.[1]

Morreu em 13 ou 16 de abril de 1388, em Avinhão, foi enterrado no mosteiro de Saint-Ruf, Valence, onde tinha iniciado seus estudos e de acordo com sua vontade.[1]

ConclavesEditar

Referências

  1. a b c d e f g h i The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. a b Catholic Hierarchy

Notas

  1. Também chamado Ange, Angelic, Angelico, Angelicus, Anglico e Egídio e seu último nome como Grimaldi e Grimoardi.

Ligações externasEditar

Precedido por
Papa Inocêncio VI
Administrador apostólico
 
Bispo de Avinhão

13621366
Sucedido por
Papa Urbano V
Administrador apostólico
Precedido por
Hélie de Talleyrand-Périgord
 
Cardeal-padre de San Pietro in Vincoli

13661367
Sucedido por
Pierre Girard
Precedido por
Pierre Itier
 
Cardeal-bispo de Albano

13671388
Sucedido por
Niccolò Brancaccio
Precedido por
Pierre Roger de Beaufort
 
Arcipreste da Basílica de
São João de Latrão

13701388
Sucedido por
Pietro Tomacelli
Precedido por
Guy de Boulogne
 
Deão do Sacro Colégio dos Cardeais

13731378
Sucedido por
Tomás de Frignano
Obediência romana
Precedido por
Início do Grande Cisma do Ocidente
 
Deão do Sacro Colégio dos Cardeais
Obediência avinhonesa

13781388
Sucedido por
Pietro Corsini