Abrir menu principal

António Bento Martins Júnior

prelado e teólogo português
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
António Bento Martins Júnior
Nascimento 5 de maio de 1881
Arcos
Morte 19 de agosto de 1963 (82 anos)
Braga
Cidadania Portugal
Ocupação teólogo, padre católico
Prêmios Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo
Religião Igreja Católica

António Bento Martins Júnior GCCGCB (Arcos, Vila do Conde, 5 de Maio de 1881Braga, 19 de agosto de 1963 (82 anos)), foi arcebispo de Braga de 28 de Setembro 1932 a 19 de Agosto de 1963.

BiografiaEditar

Foi ordenado em 25 de Outubro de 1903.

Foi bispo de Bragança-Miranda de 15 Agosto de 1928 a 14 de Julho de 1932, data em que foi nomeado bispo auxiliar de Braga com direito de sucessão, e com o título de arcebispo de Ossirinco.

Com o falecimento de D. Manuel Vieira de Matos em 28 de Setembro desse mesmo ano, toma posse imediata como Arcebispo Primaz.

A 29 de Março de 1947 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo e a 11 de Julho de 1959 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem de Benemerência.[1]

Colaborou na revista Lusitânia [2] (1914).

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "António Bento Martins". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 1 de setembro de 2015 
  2. Alda Anastácio (4 de novembro de 2016). «Ficha histórica:Lusitânia: revista católica mensal (1914)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
Precedido por
Manuel Vieira de Matos
 
Arcebispo Primaz de Braga

1932 — 1963
Sucedido por
Francisco Maria da Silva