António Maria Mendes Calado

Almirante
António Mendes Calado
Chefe do Estado-Maior da Armada (Portugal)
Período 1 de março de 2018
à atualidade
Vice-Chefe do Estado Maior da Armada
Período outubro de 2016 até março de 2017
Dados pessoais
Nome completo António Maria Mendes Calado
Nascimento
Cabeço de Vide, Portugal
Cônjuge Maria da Graça
Partido Independente
Profissão Militar
Serviço militar
Serviço/ramo Marinha Portuguesa
Graduação Almirante POR-Navy-OF9.svg
Condecorações Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar

António Mendes Calado (Cabeço de Vide, Portugal), Almirante da Marinha Portuguesa, é um militar português, e atual Chefe do Estado Maior da Armada[1] e da Autoridade Marítima Nacional.[2]

Carreira na MarinhaEditar

O almirante ingressou na Escola Naval em 1974 e concluído a licenciatura em Ciências Militares Navais – Marinha, em 1978.

Especializou-se em Artilharia e possui, entre outros, o Curso Geral Naval de Guerra, o Curso Complementar Naval de Guerra e o Curso de Promoção a Oficial General.[3]

Frequentou ainda cursos na área dos sistemas de armas das fragatas da classe “Vasco da Gama”, em escolas nacionais e estrangeiras, designadamente da Marinha dos EUA, na área dos sistemas de mísseis SeaSparrow e Harpoon. Frequentou igualmente o International Defence Management Course no Defense Resources Management Institute, na Califórnia, e o Maritime Warfare Course, na HMS Dryad School, em Portsmouth.

Em terra desempenhou funções como instrutor do curso de oficiais e mais tarde como diretor da Escola de Artilharia Naval, chefe do gabinete de operações AWW do Centro Integrado de Treino e Avaliação Naval, chefe da secção de exercícios do Comando Naval, chefe da secção de treino do departamento de treino e avaliação da Flotilha, onde acumulou as funções de oficial de ligação ao Flag Officer Sea Training (FOST) para o treino das fragatas da classe “Vasco da Gama”, entre 1996 e 1999. Exerceu funções de oficial adjunto do Chefe da Divisão de Pessoal e Organização do Estado-Maior da Armada, foi Adido de Defesa junto da Embaixada de Portugal em Varsóvia e, em acumulação, das embaixadas de Portugal em Kiev, Bratislava, Bucareste e Budapeste.

Depois de ter terminado o Curso de Promoção a Oficial General, em 2008, chefiou a Divisão de Pessoal e Organização do EMA e, após a promoção a contra-almirante, desempenhou os cargos de Comandante da Zona Marítima dos Açores e de Subchefe do Estado-Maior da Armada.

Navegou cerca de vinte mil horas, tendo desempenhado funções como chefe do serviço de navegação e de comunicações dos NRP João Coutinho e Afonso Cerqueira, oficial imediato do NRP Lagoa, chefe do serviço de artilharia do NRP Comandante João Belo e chefe do departamento de operações do NRP Vasco da Gama.

Concluiu a sua carreira no mar como comandante do NRP Corte Real, entre julho de 2002 e dezembro de 2005, período durante o qual participou no treino operacional no FOST, comandou a força envolvida na crise da Guiné-Bissau em 2004 e integrou, por um período de seis meses, o Standing Nato Maritime Group One em 2005.

Foi promovido a vice-almirante em setembro de 2015, tendo tomado posse como Superintendente do Material em outubro de 2015.  Em outubro de 2016 tomou posse como Vice-Chefe do Estado-Maior da Armada, cargo que desempenhou em acumulação com o de Superintendente do Material até março de 2017.

Exerce as funções de Chefe do Estado-Maior da Armada e Autoridade Marítima Nacional desde 1 de março de 2018, data em que foi promovido a almirante.

CondecoraçõesEditar

Da sua folha de serviços constam vários louvores e condecorações, de que se destacam três Medalhas de Prata de Serviços Distintos, a Medalha de Mérito Militar de 2ªClasse, a Medalha da Cruz de São Jorge de 1ª classe, a Medalha da Cruz Naval de 3ª Classe e a Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar.[4]

Referências

  1. «CEMA-AMN». Marinha. Consultado em 8 de novembro de 2020 
  2. «O Almirante AMN». www.amn.pt. Consultado em 8 de novembro de 2020 
  3. «CEMA-AMN». Marinha. Consultado em 8 de novembro de 2020 
  4. «O Almirante AMN». www.amn.pt. Consultado em 8 de novembro de 2020