Antonius Sanderus

Antoon Sanderus (Antuérpia, 15 de Setembro de 1586Affligem, 10 de Janeiro ou 16 de Janeiro de 1664) foi um historiador, filólogo e teólogo flamengo.

Antonius Sanderus
Retrat a la Flandria Illustrata
Nascimento 15 de setembro de 1586
Antuérpia
Morte 10 de janeiro de 1664 (77 anos)
Cidadania Países Baixos Espanhóis
Alma mater
  • Universidade de Douai
  • Antiga Universidade de Lovaina
Ocupação historiador, sacerdote, artista gráfico, gravador
Obras destacadas Chorographia sacra Brabantiae, Flandria Illustrata
Religião catolicismo

Sanderus estudou teologia em Lovaina e Douai. Após ter sido ordenado padre em Gante, exerceu o ministério em Oosteeklo. Ele foi um opositor do anabaptismo na Flandres.

Como escritor, latinizou o seu nome de Antoon Sanderus para Antonius Sanderus. A sua obra mais importante foi a ricamente ilustrada Flandria Illustrata, Sive Descriptio Comitatus per totem terrarum orbem celeberrimi (primeira impressão em Köln, 1641-1644). Desta monumental obra, foram publicados dois volumes e outros permaneceram inacabados até à sua morte. O livro contém uma descrição de várias vilas e cidades flamengas.

Outros trabalhos escritos por Sanderus foram uma hagiografia Hagiologium Flandriae sive de sanctis eius provinciae (primeira impressão em Antuérpia, 1625), um poema a Peter Paul Rubens (Setembro de 1621); um inventário de manuscritos presentes em várias bibliotecas Bibliotheca belgica manuscripta (primeira impressão em Lille, 1641-1643) e uma história das abadias e mosteiros do Brabante Chorographia sacra Brabantiae (Bruxelas, 1659).

Sanderus morreu na abadia de Affligem.

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Antonius Sanderus