Abrir menu principal

Apeadeiro de Banhos de Amieira

apeadeiro em Portugal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o antigo apeadeiro na Linha do Oeste. Se procura a antiga estação na Linha do Oeste, veja Estação Ferroviária de Amieira. Se procura a Estação na Linha da Beira Baixa, veja Estação Ferroviária de Barca da Amieira-Envendos.
Banhos de Amieira
Linha(s) Linha do Oeste
(Pk 203,961)
Coordenadas 40° 05′ 45,73″ N, 8° 44′ 50,32″ O
Concelho Soure
Serviços Ferroviários Sem serviços
Horários em tempo real

O Apeadeiro de Banhos de Amieira, originalmente denominado de Banhos D'Amieira, foi uma gare da Linha do Oeste, que servia a estância termal com o mesmo nome, no Distrito de Coimbra, em Portugal.

HistóriaEditar

 
Aviso ao público de 1891 sobre o apeadeiro de Banhos da Amieira.

Este apeadeiro insere-se no lanço da Linha do Oeste entre Leiria e Figueira da Foz, que entrou ao serviço em 17 de Julho de 1888, pela Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.[1]

Em 15 de Maio de 1902, vários comboios passaram a ter paragem no apeadeiro de Banhos d'Amieira, apenas para serviços de passageiros.[2] Nos horários de Junho de 1913, surge com a categoria de estação.[3]

Em 1934, esta interface inseria-se numa tarifa especial da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses para estações e apeadeiros que serviam estâncias balneares e termais.[4]

Em Junho de 1980, esta interface voltou a aparecer apenas como apeadeiro, sendo utilizado por comboios do serviço Regional dos Caminhos de Ferro Portugueses.[5] Nos horários de Maio de 1983, já não se encontrava inserido.[6]

Ver tambémEditar

Referências

  1. TORRES, Carlos Manitto (16 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1682). p. 61-64. Consultado em 21 de Junho de 2014 
  2. «Avisos de serviço» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 15 (346). 16 de Maio de 1902. p. 155. Consultado em 21 de Junho de 2014 
  3. «Oeste - Alfarellos, Figueira, Caldas da Rainha, T. Vedras, Lisboa-R». Guia official dos caminhos de ferro de Portugal. 39 (168). Outubro de 1913. p. 89. Consultado em 21 de Junho de 2014 
  4. «Viagens e Transportes» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 46 (1115). 1 de Junho de 1934. p. 297. Consultado em 22 de Junho de 2014 
  5. Caminhos de Ferro Portugueses (3 de Junho de 1984). «Horário de Verão 1980» (PDF). O Comboio em Portugal. p. 8-9. Consultado em 8 de Outubro de 2010 
  6. Caminhos de Ferro Portugueses (3 de Junho de 1984). «Horário de Verão 1984» (PDF). O Comboio em Portugal. p. 11-12. Consultado em 8 de Outubro de 2010 



  Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.